Onda Sul FM
Bloco Vermes

Acusado de execução de menor em Alfenas é preso em Ribeirão Preto

Um homem de 31 anos foi preso na tarde deste sábado (9) em Ribeirão Preto é acusado de participar da morte de um menor em Alfenas e por suspeita de envolvimento em ataques a ônibus urbanos.

Edson Eugênio da Silva (conhecido como “Testa”), 31 anos, que estava foragido da Justiça, foi preso em Ribeirão Preto (SP) e será encaminhado para Alfenas, onde foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio. Ele é acusado de participação na morte do menor Wescley Correia Ribeiro, executado após incendiar um ônibus no início de maio.

Além da execução do menor, juntamente com outras pessoas, “Testa” também foi indiciado por ocultação de cadáver. O corpo da vítima foi encontrado enterrado em um terreno localizado no bairro Gaspar Lopes.

Alguns dias antes uma foto, compartilhada em grupos de whatsapp, mostrava um grupo de pessoas numa cena de execução do menor.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão do suspeito foi na tarde de sábado pela Polícia Militar de São Paulo após compartilhamento de informações entre a Polícia Civil de Alfenas e a PM de Alfenas.

A prisão foi em decorrência de um mandado de prisão preventiva requerido pela Divisão de Homicídios de Alfenas, da 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil (2ª DRPC).

Outros dois suspeitos já haviam sido presos pela participação na execução do menor. São eles André Luís Esteves (conhecido como De Negão), 30 anos, e José Henrique dos Santos Ramos, (conhecido como Zezinho), 27 anos. Os três já possuem passagem policiais e já haviam sido presos em outras ocorrências.

Outras pessoas também já foram identificadas e indiciadas por envolvimento no crime. “Testa” é considerado perigoso e havia sido identificado e preso no começo do ano pela tentativa de sequestro do gerente de um banco em Serrania.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Via AlfenasHoje
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat