Onda Sul FM

Aiuruoca/MG

Morte de animais por envenenamento é investigada pela Polícia Civil em Carvalhos

Morte de animais por envenenamento é investigada pela Polícia Civil em Carvalhos

Sem categoria
Em Carvalhos, MG, a Polícia Civil está investigando a morte de cerca de 30 animais, entre cães e gatos. De acordo com a Associação Mineira de Proteção aos Animais, os bichos foram envenenados. Os óbitos aconteceram nos bairros Centro, Santa Edwiges, Macaquinho, Bela Vista e Prodecom. Sendo registrados nos últimos dois meses. Segundo o presidente da associação, José de Anchieta Lopes da Silva, nem todos os animais são de rua.Conforme ele, o ultimo registro foi nos dias 17 e 18 de janeiro, onde quatro cães apareceram mortos. Desta vez, todos os animais eram de rua. Até o momento, foram registrados, pela associação, quatro boletins de ocorrência sobre os casos. Os documentos apresentados pelos membros à Polícia Militar contêm exames que comprovam que a causa da morte de alguns animais é
34 pés de maconha são apreendidos pela Polícia Militar em Aiuruoca

34 pés de maconha são apreendidos pela Polícia Militar em Aiuruoca

Sem categoria
As pessoas que estavam no local informaram a polícia que a plantação era para consumo próprio. Na manhã desta terça-feira (27), a Polícia Militar apreendeu 34 pés de maconha. Em um sítio da zona rural de Aiuruoca (MG). Eles estavam em meio a outras plantas e tinham até 3 metros de altura, segundo os policiais. De acordo com a Polícia Militar, havia duas pessoas no local que mencionaram que o cultivo era para consumo próprio. Elas foram encaminhadas para a delegacia da cidade. Além disso, fora os pés já plantados foram apreendidos sementes de maconha, um tablete prensado, com cerca de 200 gramas, um celular e R$400 em dinheiro.
Estufa de maconha era mantida por Professora de Yoga

Estufa de maconha era mantida por Professora de Yoga

Sem categoria
Foi localizada em uma estufa, próximo a casa da suspeita,10 pés de maconhas e 25 mudas cultivadas em Aiuruoca. Na zona rural de Airoca, uma professora de Yoga de 35 anos foi presa suspeita de manter uma estufa de maconha próxima de casa. Segundo a polícia, a suspeita é que ela tenha investido mais de R$ 15 mil no local, que contava com uma grande estrutura com telha ecológica, sistema de iluminação, irrigação e climatização artificial. Tudo era ligado por um complexo sistema elétrico, instalado dentro de uma estrutura de placas, que era trancada, no meio de um matagal. No local, havia 10 pés de maconha e 25 mudas da droga em cultivo. As investigações começaram após denúncia anônima. A mulher foi presa por tráfico de drogas e contou em depoimento à polícia que achava que o local er
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat