Onda Sul FM

Economia

Produtores de leite têm 180 dias para adequação de novas normas

Produtores de leite têm 180 dias para adequação de novas normas

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
As modificações devem incorporar desde a organização das propriedades rurais, até a formação e a capacitação dos responsáveis por tarefas cotidianas. A Cooperativa Agropecuária do Sudoeste Mineiro (Casmil) está estudando os novos padrões de identidade e qualidade do leite cru refrigerado, do pasteurizado e do tipo A. Para transmitir as alterações necessárias aos seus produtores. Após a divulgação das novas regras para produção de leite, fixadas na última sexta-feira (30), no Diário da União pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) Conforme a responsável técnica Crislaine Alvarenga, e a dirigente do controle de qualidade da cooperativa, Fernanda Silva, as mudanças nas Instruções Normativas 76, 77 e 78, definem novos critérios a serem seguidos nas prova
Comércio tem se preocupado com o atraso do pagamento dos servidores

Comércio tem se preocupado com o atraso do pagamento dos servidores

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, São Sebastião do Paraíso/MG
Situação tem gerado inadimplência e expectativa de pouco crescimento nas vendas no período. Este ano os comerciantes têm ficado muito preocupados com o atraso do pagamento dos funcionários públicos de São Sebastião do Paraíso. A situação tem gerado inadimplência e a expectativa é de pouco crescimento nas vendas no período, segundo eles. O atraso acontece devido a falta de repasses do Governo de Minas Gerais com o município. A dívida já passa dos R$ 22 milhões, afirma a administração. Com isso, não há expectativa de pagamento dos salários atrasados e do 13º de mais de 2 mil servidores. Com isso, funcionários e aposentados devem ter um fim de ano com outras prioridades. Mesmo assim, o presidente da Associação Comercial da cidade acredita em um crescimento mínimo de vendas neste fim
Produtores contam com o auxilio do Programa Balde Cheio em Minas Gerais

Produtores contam com o auxilio do Programa Balde Cheio em Minas Gerais

5 - Região/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, Passos/MG
Promovendo o desenvolvimento da pecuária leiteira em Minas Gerais, o programa Balde Cheio conta com a adoção de técnicas de manejo de pastagem, controle zootécnico e gestão da propriedade. No Estado é coordenado pelo sistema Faemg, o programa conta com parceiros para a implantação nos municípios. O Balde Cheio é desenvolvido há quatro meses em Passos, por meio da parceria da Faemg e Sindicato dos Produtores Rurais (SinRural). O programa atende a cinco produtores e está aberto para novas inscrições, segundo o técnico responsável, o zootecnista Fábio Andrade. Ele destacou que a maior dificuldade do produtor recai sobre as anotações. “O produtor tem dificuldade de anotar as despesas da sua propriedade, porque, quando sabe que está no prejuízo, fica desanimado. Não anotando, ele
Conta de luz terá bandeira verde em dezembro

Conta de luz terá bandeira verde em dezembro

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
A bandeira tarifária para o mês de dezembro será verde. Ou seja, sem custo extra para os consumidores de energia elétrica. Desde maio deste ano, a bandeira estava nos patamares amarelo ou vermelho. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar de os reservatórios ainda apresentarem níveis reduzidos, a expectativa é a de que a estação chuvosa continue aumentando o nível de produção de energia. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira tarifária a ser acionada. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. A Aneel alerta que, mesmo com a b
Governo de Minas não tem previsão de pagamento do 13º salário dos servidores

Governo de Minas não tem previsão de pagamento do 13º salário dos servidores

5 - Região/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Dificuldades no pagamento do valor começaram em janeiro de 2016 e vem sendo estendido desde então, devido às dificuldades no caixa do estado. O governo de Minas ainda não definiu se o pagamento do 13° salário ocorrerá de forma integral, parcial ou se será adiado para janeiro. Ficando sob a responsabilidade do governador eleito, Romeu Zema. Helvécio Magalhães, que reforçou que, além do benefício do 13°, há ainda que se preocupar com o salário de novembro. "A Secretaria de Estado da Fazenda está trabalhando noite e dia para dar conta do fluxo. Ainda não temos uma posição sobre o pagamento integral, parcial ou adiamento". Ele destaca que os pagamentos de outubro de todo o funcionalismo foram quitados nesta quarta-feira (28). "Neste momento, não estamos devendo nada ao servidor. Est
Empresas investem mais de R$ 2,3 milhões no Mini Distrito Industrial

Empresas investem mais de R$ 2,3 milhões no Mini Distrito Industrial

7 - Poços de Caldas/MD, Cidades, Economia, Módulos, Notícias, Poços de Caldas/MG
  Mini Distrito Industrial localizado no Jardim Kennedy, zona sul, conta com quatro empresas já em operação Com quatro empresas já em operação e duas em fase final de implantação, o Mini Distrito Industrial do município, localizado no Jardim Kennedy, na zona sul, soma investimentos de R$ 2.365.000,00. O objetivo é que o Mini Distrito potencialize a criação de empregos para os moradores das imediações, além do impacto na economia local, com a geração de impostos e movimentação da cadeia produtiva. Já estão operando as empresa Leitsul, Gelo Fácil, Usipoços e Blocos e Lajes Alves e as empresa Udder Farmacêutica e Cardoso de Freitas Materiais de Construção estão em fase final de implantação. Na manhã da última terça-feira (26), o vice-prefeito e secretário municipal de Desenvolvi
13º salário gera expectativa de aumento no faturamento comercial

13º salário gera expectativa de aumento no faturamento comercial

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Restam apenas sete dias para quase 50 milhões de trabalhadores formais receberem a primeira parcela do esperado 13º salário. Remuneração extra que, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), será responsável por injetar R$211,2 bilhões na economia do país até o fim deste ano. Muitos beneficiários planejam quitar suas dívidas ou investir nas compras natalinas com o dinheiro, conforme cenário geral divulgado pelo Estudo da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). De acordo com a pesquisa, ao receber o valor considerado dois a cada dez trabalhadores decidem gastar parte do recebido. Para efetuar compras de natal. Logo, a expectativa de aumento para o comércio municipal, após a
Prejuízos trazidos pela baixa do lago de Furnas serão discutidos em audiência pública – Alago

Prejuízos trazidos pela baixa do lago de Furnas serão discutidos em audiência pública – Alago

4 - Destaque 2/MD, Carmo do Rio Claro/MG, Cidades, Economia, Notícias
A audiência pública será nesta próxima sexta-feira (23). Na próxima sexta-feira (23), às 9h, na Câmara Municipal, Carmo do Rio Claro receberá diversos representantes de cidades filiadas à Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago). Para uma audiência pública. Eles iniciarão uma discussão sobre os progressos e prejuízos trazidos aos municípios alagados pela represa de Furnas. Desse modo, os diversos prejuízos trazidos pela baixa do lago de Furnas impulsionaram a iniciativa de reunir representantes das cidades e sociedade civil. Sendo, para discutir o que pode ser feito. Para amenizar os danos de agricultores, aquicultores, psicultores e investidores do ramo do turismo. Sendo assim, esta ação inicial de conversar sobre os problemas causados pela baixa do nível da água foi pro
Dívida do Estado com Carmo do Rio Claro passa de R$ 6 milhões

Dívida do Estado com Carmo do Rio Claro passa de R$ 6 milhões

5 - Região/MD, Carmo do Rio Claro/MG, Cidades, Economia, Módulos, Notícias
Sem esse dinheiro, muitas prefeituras alegam dificuldade financeira. Os prefeitos mineiros reclamam que o governador do estado, Fernando Pimentel (PT), repassa com atraso os valores definidos pela Constituição, vindos da arrecadação de impostos. Sendo assim, a falta de pagamento começou com a crise financeira do estado. Logo, desde 2016, os servidores de Minas estão com o pagamento parcelado. Na manhã desta terça-feira (20), cerca de 40 prefeitos fizeram um protesto e montaram barracas em frente à Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Eles prometem ficar acampados até que o governo estadual dê algum retorno. Em Carmo do Rio Claro, a dívida com o município já chega a R$ 6.811,286,91. Veja o detalhamento da falta de repasses do Estado em Carmo:
Governo de MG deve R$ 9,7 bilhões para municípios

Governo de MG deve R$ 9,7 bilhões para municípios

3 - Novidades Texto Pequeno/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Na tarde desta última sexta-feira (09), a Associação Mineira de Municípios (AMM), em Belo Horizonte, recebeu a visita do governador eleito por Minas Gerais, Romeu Zema, e de dezenas de prefeitos mineiros. Comandada pelo presidente da entidade, e 1º vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda. Logo, a reunião serviu como uma aproximação para que o próximo governo de Minas conheça a principal preocupação das prefeituras. Sendo a normalização do pagamento dos repasses constitucionais e demais repasses que estão irregulares. Que para tanto, estão somando uma dívida de R$ 9,7 bilhões, somado os convênios e parcerias. “Deixei claro o meu compromisso de que em breve voltarei para dar os números reais do estado e uma projeção de quando vamos
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat