Onda Sul FM

Como foi a pior pandemia de gripe da história,e será que ela pode se repetir?

 Há exatamente um século, era confirmado o primeiro caso de gripe  no que tornaria a pior pandemia da doença já registrada

 

A pandemia de Gripe Espanhola de 1918-1919 teve o maior número de vítimas causada por uma doença infecciosa desde a Peste Negra, no século 14.Um terço da população do planeta foi infectada pelo vírus e, 50 milhões não resistiram a ele, quase três vezes mais do que o número de mortos na 1ª Guerra Mundial.

Alguns cientistas acreditam que outra pandemia de mesma escala pode vir a ocorrer, mas, com os avanços em saúde e comunicação, um evento como esse poderia ser tão mortal quando o ocorrido há cem anos?Já foram registradas outras pandemias de gripe desde então, como, por exemplo, em 1957, 1968 e 2009, mas nenhuma teve um número de vítimas tão devastador quanto o da Gripe Espanhola.

Parte disso se deve ao fato que programas e campanhas de vacinação em massa imunizaram populações ao redor do mundo, reduzindo o número de mortes por gripe.Hoje em dia, por exemplo, o conjunto de medições feitas com termômetros inteligentes, conectados à internet, permitem detectar o início de uma epidemia em um ponto do planeta.

No entanto, os vírus podem passar por uma mutação dentro de uma espécie, criando novas variantes, que contagiam outras espécies, entre elas os humanos.E, em um mundo mais conectado, um vírus pode se espalhar mais facilmente.

Por fim, se um vírus adquire uma resistência aos medicamentos disponíveis atualmente, é necessário correr contra o tempo para desenvolver novas drogas capazes de combatê-lo. Então, ainda que estejamos mais bem preparados para evitar uma pandemia de gripe em relação a cem anos atrás, ainda podemos ser surpreendidos.

Portanto, lembre-se dos conselhos simples dados à população em 1918 para evitar o contágio:

* Lave suas mãos regularmente;

* E cubra sua boca e nariz ao espirrar.

 

 

 

 

viabbcsaude

 

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA