Onda Sul FM
Bloco Vermes

Judoca de Poços de Caldas é vice-campeão brasileiro

Davi da Silva Ramos de 17 anos, sagrou-se campeão brasileiro neste final de semana em Natal

O judoca e sensei do Clube de Judô Poços de Caldas Davi da Silva Ramos, 17 anos, sagrou-se campeão brasileiro neste final de semana na cidade de Natal, Rio Grande do Norte. A conquista aconteceu durante a disputa dos Jogos Escolares da Juventude. Davi integrou a seleção de Minas Gerais, que foi comandada pelo poços-caldense Rodolfo Matavelli, também do Clube de Judô Poços de Caldas. As Olimpíadas Escolares da Juventude é o maior evento esportivo do país. Davi da Silva Ramos competiu na categoria meio pesado (90 quilos). Ele estuda na escola de Ensino Fundamental e Médio do Parque das Nações. Outro representante do Clube do Judô nos jogos foi Breno, que terminou na sétima colocação.

A conquista de Ramos em Natal coroa um ano de ótimo resultados em diversas competições. Ele foi medalha de ouro no Torneio Início, ouro no Campeonato Brasileiro Regional III, ouro no Campeonato Mineiro, sétimo colocado no Campeonato Brasileiro Nacional e terceiro colocado na Copa Minas.
O resultado foi bastante comemorado pelo Clube de Judô Poços de Caldas. Anderson Carvalho, coordenador do clube, falou sobre o orgulho do feito para o judô da cidade. “A família de judoístas do Clube de Judô de Poços de Caldas está em festa e extremamente feliz. Esse resultado foi um trabalho que vem sendo desenvolvido há anos. O sensei Davi por várias vezes quase chegou lá e nunca desistiu, sempre treinando forte com seriedade, compromissado, chovendo, muitas vezes quase desmaiava no dojo, enfim, um guerreiro, atleta humilde, atencioso e merecedor desse título. Este resultado ele conseguiu com o apoio fundamental do pai Jociel Ramos, do sensei Matsuo, sensei Guilherme, sensei Cláudio Schimidt e todos seus amigos. Parabenizamos o sensei Davi Silva que pode comemorar esta medalha de prata como um título, pois não é fácil chegar num patamar tão elevado numa competição tão importante como esta. Somos uma família e somos de Poços de Caldas. Obrigado sensei Rodolfo pelo carinho com todos da equipe de Poços, você merece também meu respeito”, falou Anderson Carvalho.
Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúne jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país, em 14 modalidades. A competição foi criada pelo Comitê Olímpico do Brasil em 2005 e conta com o apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo.
Atualmente, o evento contempla mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, organizadas pelos estados e municípios, representando 40.000 escolas de 3.950 cidades do Brasil. A regionalização por etapas permite que cidades com infraestrutura menor também possam sediar o evento.
A fase nacional tem 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia (apenas na categoria 15 a 17 anos), xadrez e wrestling. As etapas regionais serão disputadas por cerca de 1.100 atletas.
A competição já revelou vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Na delegação brasileira que disputou os Jogos Olímpicos Londres 2012, nada menos que 17 atletas do Time Brasil já haviam passado pela competição estudantil. O evento foi o responsável pelo surgimento de atletas como as finalistas olímpicas Rosângela Santos e Ana Claudia Lemos, do atletismo, do semifinalista Leonardo de Deus, da natação, além do jogador de basquete Raulzinho, atualmente na NBA.

Via jornalmantiqueira
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat