Onda Sul FM

Mulher é assassinada pelo companheiro em Varginha e filha de 7 anos teria visto

Morta a facadas dentro de casa em Varginha, MG mulher é vitima de ciúmes. Homem foi preso e vai responder por feminicídio.

Taynara Aparecida Ricardo, de 29 anos, foi morta a facadas dentro de casa pelo companheiro. Ele confessou o crime e foi preso. A morte de uma mulher na tarde deste domingo (8), em Varginha (MG), teria sido presenciada pela filha dela de 7 anos. A informação é de uma vizinha que conversou com a menina minutos após o crime.

Uma vizinha contou à equipe da EPTV, afiliada da Rede Globo, que uma das filhas de Taynara, de 7 anos, disse ter visto o crime. “Eu conversei com a menina de 7 anos, perguntei, e ela falou que ele empurrou ela [a mãe], jogou ela no chão. E ela falou assim pra mim ‘ele matou a minha mãe’.”

(Foto: Tarciso Silva/EPTV)

A Polícia Militar recebeu o chamado por volta das 15h, por uma tentativa de homicídio no bairro Parque Imperial II. No local, os militares encontraram a vítima com várias marcas de facadas pelo corpo.

O Corpo de Bombeiros levou Taynara à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas ela morreu durante o atendimento. O companheiro, de 32 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime. O motivo do crime teria sido ciúmes.

Ele não demonstra nenhum tipo de arrependimento, pelo contrário. Ele tentou dar lição de moral em nós mineiros. Por nós tratarmos nossas mulheres de uma forma que ele considera incondizente. Em alguns lugares do Nordeste o tratamento seria outro, segundo ele”, explicou o delegado Alexandre Boaventura Diniz.

O homem passou pelo exame de corpo de delito e foi levado ao presídio de Varginha. Ele vai responder pelo crime de feminicídio.

 

 

 

 

 

Via G1/Sul de Minas
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA