Onda Sul FM
Anúncio Construai

Rodriguinho vira até camisa 9 em sua melhor fase no Corinthians

Decisivo e artilheiro, meia faz mais do mesmo contra o Flu. Por que não sonhar com a Copa?

No Corinthians de 2018, Rodriguinho veste a camisa 26. Mas pode ser também o dono da 10, da 8, da 9… Criativo no meio-campo e em fase artilheira no ataque, ele é a referência máxima da equipe de Fábio Carille. E, cada vez mais decisivo, pode, sim, sonhar com a Copa do Mundo.

E convocação de Tite é em menos de um mês – dia 14 de maio. Rodriguinho já teve suas chances, mas a concorrência é dura. Nem ele, nem Lucas Lima, do Palmeiras, nem Diego, do Flamengo, parecem perto de uma ida à Rússia. Mas o corintiano é quem tem sido mais decisivo.

Veja alguns números dele em 2018:

  • Tem oito gols e é artilheiro do Corinthians na temporada;
  • Fez os últimos quatro gols do Timão, contra São Paulo, Palmeiras e Fluminense (duas vezes);
  • São quatro assistências, uma a menos do que Romero, líder no quesito;
  • Melhores momentos de Corinthians 2 x 1 Fluminense pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro;
  • Nos 2 a 1 sobre o Fluminense, neste domingo, mais do mesmo: além de ser o principal armador do time e buscar a bola na defesa, Rodriguinho aparece na área, mostra um senso de posicionamento apurado e consegue ficar livre duas vezes para marcar.

Chama a atenção a diversidade dos gols: destro e não muito alto (1,77m), o meia fez de cabeça e de pé esquerdo contra o Flu. Como ele próprio disse em entrevista coletiva, não é acaso. Com muito treino, Rodriguinho se tornou um finalizador nato. O melhor do Corinthians.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Via GloboEsporte

 

Faça seu comentário usando o Facebook