Onda Sul FM

Secretaria de Estado de Saúde confirma que mortos por febre amarela não tomaram a vacina

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou na última quarta-feira (10), um novo boletim epidemiológico com os casos de febre amarela em Minas Gerais.

No período de surto da febre amarela, entre julho de 2016 a junho de 2017 foram 475 casos confirmados, com 162 mortes.

Desde junho de 2017, foram sete casos de febre amarela (o caso de Carmo da Mata foi contabilizado neste boletim), com seis mortes e uma cura. Outros dez estão sendo investigados. Durante o período, 38 casos suspeitos foram descartados.

Todos os casos confirmados por laboratório são de vítimas do sexo masculino, não vacinados para a febre amarela e com média de idade de 41 anos (faixa entre 33 e 51 anos).

Segundo a secretaria, a letalidade por febre amarela no Estado no período 2017/2018 chega a 85,7%.

Pela Gerência Regional de Saúde de Divinópolis (GRS), uma morte foi registrada no município de Carmo da Mata. Um homem de 36 anos faleceu no dia 3 de janeiro, mas foi confirmada apenas na última terça-feira (9), após um exame realizado pela Fundação Ezequiel Dias. Segundo a SES, a cobertura vacinal acumulada nos últimos 10 anos (2007-2017) na regional de Divinópolis é de 85,09%, acima do índice estadual, de 81,89%.

Via SistemaMPA
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat