Onda Sul FM

Servidores do Ipsemg entram em greve

Os servidores do Ipsemg fizeram muito barulho na manhã desta sexta-feira na porta do hospital do instituto, na Alameda Ezequiel Dias, Centro de Belo Horizonte, onde anunciaram o início da greve por tempo indeterminado.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores do Ipsemg (Sisipsemg), Maria Abadia de Souza, dos cerca de 2,6 mil servidores, pelo menos 70% aderiram à paralisação em todo o estado. Ainda segundo Abadia, 30% dos funcionários estão nas escalas de urgência e emergência.

“As consultas eletivas, os exames, e todos os demais serviços do Ipsemg (serão prejudicados). Estamos mantendo o atendimento de urgência e emergência aqui no hospital, na superintendência odontológica, quem precisar de dentista o plantão está funcionando. As pessoas que estão internadas vão ter atendimento. O restante, infelizmente, vai ficar suspenso”, informou.

Maria Abadia também explicou as razões da grave. “Porque o governo não atende às nossas reivindicações. Por exemplo, salário digno, isonomia de tratamento. O governo está privilegiando algumas categorias e o Ipsemg, como o secretário me falou, não é prioridade para este governo”, disse a presidente do Sisipsemg.

Em nota, o Ipsemg informou que o governo já concordou em conceder uma ajuda de custo aos servidores, cujo valor será definido até a próxima reunião, marcada para o dia 28 de fevereiro.

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat