Onda Sul FM

Tag: macacos

Secretaria de Saúde confirma febre amarela em macacos achados mortos em cidades do Sul de MG

Secretaria de Saúde confirma febre amarela em macacos achados mortos em cidades do Sul de MG

6 - Saúde/MD, Cidades, Minas Gerais, Módulos, Notícias, Saúde
Novo relatório confirma a presença do vírus da doença em animais encontrados sem vida em Santo Antônio do Amparo e Nepomuceno. Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou em novo boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (3) a presença de febre amarela em mais dois macacos encontrados mortos no Sul de Minas. Os novos casos confirmados são de primatas encontrados em fevereiro nas cidades de Santo Antônio do Amparo e Nepomuceno. Com os novos casos, sobe para sete o número de macacos com febre amarela confirmados no Sul de Minas neste ano. Antes, já tinha sido confirmada a presença do vírus em animais encontrados mortos em Ijaci, Cachoeira de Minas e Sapucaí-Mirim (em fevereiro) e Camanducaia e Congonhal (em janeiro). O macaco não transmite a febre amarela. Ele tam
Vigilância Ambiental envia dois macacos para análise na Funed

Vigilância Ambiental envia dois macacos para análise na Funed

7 - Poços de Caldas/MD, Cidades, Módulos, Notícias, Poços de Caldas/MG, Saúde, Sem categoria
Os animais foram encontrados ao longo da Avenida Champagnat, zona oeste da cidade. A morte de dois macacos encontrados no fim de semana vai ser investigada pela Secretaria Municipal de Saúde de Poços de Caldas. Amostras dos corpos animais foram encaminhadas nesta segunda-feia, 26, para análise na Fundação Ezequiel Dias – Funed, em Belo Horizonte para apurar se a morte foi causada por febre amarela. Um dos macacos foi encontrado com lesões na cabeça, mãos e nas pernas depois que pulou num cabo de alta tensão e foi eletrocutado. O outro animal trata-se de um adulto e que a causa da morte pode estar relacionadd a idade avançada. Por causa da suspeita da morte de um macaco em fevereiro, a Secretaria Municipal de Saúde por prevenção interditou a Fonte dos Amores. As visitas fo
Exames descartam febre amarela em dois macacos encontrados mortos em Varginha

Exames descartam febre amarela em dois macacos encontrados mortos em Varginha

5 - Região/MD, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde, Varginha/MG
Segundo Secretaria Municipal de Saúde, exames da Funed deram negativo. A Secretaria Municipal de Saúde de Varginha (MG) informou na tarde desta quinta-feira (8) que os exames de dois macacos encontrados mortos na cidade deram negativo para febre amarela. As amostras foram analisadas pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), de Belo Horizonte. Os animais tinham sido encontrados no bairro Centenário. Ao todo, seis macacos foram encontrados mortos desde o início do ano na cidade. Por enquanto, a Secretaria de Estado de Saúde só confirmou a presença do vírus da febre amarela em dois macacos encontrados nos meses de agosto e novembro do ano passado, em Gonçalves e Extrema. Os macacos não transmitem febre amarela. Eles são hospedeiros da doença e, portanto, vítimas assim como os humanos. Até o mom
‘Se matarem macacos, mosquitos vão atrás de sangue humano’: como massacre de primatas é tiro no pé contra febre amarela

‘Se matarem macacos, mosquitos vão atrás de sangue humano’: como massacre de primatas é tiro no pé contra febre amarela

6 - Saúde/MD, Módulos, Notícias, Saúde
Animais têm sido mortos apedrejados, a pauladas e envenenados por pessoas que os culpam pelo surto de febre amarela; a eliminação deles pode, porém, expor ainda mais os seres humanos aos mosquitos transmissores da doença.    Fotos de corpos de macacos têm se espalhado pela internet desde o aumento, nos últimos meses, dos casos de febre amarela em regiões dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal. E muitos desses animais não morreram por causa do vírus: foram executados com pedras, pauladas ou envenenamento. Além de cruel, a medida tem efeito contrário ao imaginado por muitas pessoas: prejudica o combate à doença. Classificados por pesquisadores ouvidos pela BBC Brasil como "sentinelas" e "mártires", os macacos são o alvo prefe
ONG diz que clonagem de macacos é ‘espetáculo de horror’

ONG diz que clonagem de macacos é ‘espetáculo de horror’

9 - Gerais/MD, Gerais, Módulos, Notícias
Cientistas chineses clonaram dois primatas geneticamente idênticos com o mesmo método usado para criar a ovelha Dolly. ONG afirma que esse tipo de experimento provoca sofrimento em animais. A ONG Pessoas para o Tratamento Ético dos Animais (Peta) qualificou de "espetáculo de horror" o experimento feito por uma equipe de cientistas chineses, que clonou dois primatas com o mesmo método usado para criar a ovelha Dolly em 1996. "A clonagem é um espetáculo de horror: uma perda de vidas, tempo e dinheiro, e o sofrimento que tais experimentos causam é inimaginável", afirmou a organização em comunicado, segundo a agência Efe. O experimento é visto como a quebra de uma barreira técnica que pode, futuramente, abrir a porta para clonagem de humanos -- embora eles
Ana Maria Braga se pronuncia sobre ataques aos macacos: ‘É burrice’

Ana Maria Braga se pronuncia sobre ataques aos macacos: ‘É burrice’

Famosos, Famosos, Módulos, Notícias
A apresentadora não segurou a irritação ao comentar o caso de matança de macacos acontecendo no Brasil, decorrente da má informação sobre o surto de febre amarela silvestre Ana Maria Braga se mostrou muito chateada ao abordar um assunto delicado em seu programa nessa segunda-feira, 22. A apresentadora do Mais Você comentou sobre os assassinatos de macacos pelo Brasil, após o surto da febre amarela. Ela reforçou que o macaco não é o transmissor da doença e também se exaltou ao se posicionar sobre o caso, chamando os responsáveis pelos ataques de 'burros' e 'ignorantes'. "A gente vem sempre bombardeando com notícias de febre amarela e não param de aparecer casos de macacos que estão sendo mortos propositalmente, principalmente no Estado do Rio de Janeiro por conta do problema. Isso con
Macacos são encontrados mortos no bairro Centenário, em Varginha, afirma Secretaria de Saúde

Macacos são encontrados mortos no bairro Centenário, em Varginha, afirma Secretaria de Saúde

Cidades, Módulos, Notícias, Saúde, Varginha/MG
Animais já foram enviados para análise na Funed, em Belo Horizonte; vacinação contra a febre amarela será intensificada no município Dois macacos foram encontrados mortos no bairro Centenário, em Varginha (MG), entre domingo (14) e esta terça-feira (16). Segundo a coordenadora do Setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, Roseane Silva, amostras dos animais já foram enviadas para análise na Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte (MG). Ainda conforme a coordenadora, devido à localização dos animais, será feita uma área de isolamento na região onde eles foram encontrados. Agentes de saúde também devem visitar todas as casas para saber quem ainda não foi vacinado contra a febre amarela. Cerca de 5 mil doses da vacina serão distribuídas para vacinação nos postos
Febre amarela mata todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal, na Zona Norte de SP

Febre amarela mata todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal, na Zona Norte de SP

9 - Gerais/MD, Gerais, Módulos, Notícias
Outras três espécies de macacos vivem no local. Um dia após reabertura, visitantes voltam a frequentar o parque para praticar atividades físicas na manhã desta quinta (11). Todos os macacos bugios do Parque Horto Florestal, na Zona Norte da cidade de São Paulo, foram mortos pela febre amarela. Ao todo, 17 famílias, totalizando 86 macacos, morreram após contrair o vírus da doença, segundo informou o Bom Dia SP. A espécie é uma dentre as quatro que habitam o parque. O primeiro macaco com a doença encontrado morto no dia 9 de outubro no Horto Florestal, que fica na área vizinha ao Parque da Cantareira. Apesar de serem hospedeiros do vírus, os animais não são transmissores da doença para humanos. Os transmissores da febre amarela silvestre são duas espécies de mosquitos silvestres: H
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat