Onda Sul FM

Thermas Antônio Carlos não terá mais banhos sociais pelo SUS

A partir da próxima segunda-feira, 15, as Thermas Antônio Carlos estará sob nova administração.

 

Uma empresa contratada pela Codemig – Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, vai administrar o balneário que por 27 anos foi gerido pela Prefeitura de Poços de Caldas.

Como parte da transição os 70 funcionários hoje lotados nas Thermas terão de ser remanejados pela prefeitura, alguns devem ser encaminhados para o balneário Mário Mourão.

E é para lá também que serão encaminhados os pacientes que hoje fazem tratamento por meio de banhos sociais pelo SUS, uma vez que com a mudança de administração os mesmos não serão mais ofertados pelas Thermas, segundo informou a assessoria de imprensa da Codemig.

As Thermas fazia em média mil atendimentos ao mês pelo SUS de pessoas com mais de 60 anos e de alguns pacientes encaminhados pela rede. Os banhos gratuitos ajudavam no tratamento de doenças reumáticas, ortopédicas, circulatórias, processos inflamatórios, respiratórios e de reabilitação. Atendimentos estes que tinham os custos absorvidos pelo próprio balneário.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde no ano passado 896 pacientes do SUS foram atendidos nas Thermas e também no Balneário Mário Mourão. A secretaria tinha intenção de aumentar a demanda conforme anúncio feito em junho de 2017.

A hidroginástica era uma das atividades oferecidas de forma gratuita para população.

Agora com a mudança de administração, os atendimentos de fisioterapia e fibromialgia continuarão sendo realizados, porém nas unidades da rede municipal de Saúde.

Em relação aos banhos os pacientes terão de aguardar pelo término da reforma do Balneário Mário Mourão.

E por causa da transição, hoje será o último dia de funcionamento das Thermas sob a gestão do Município. O Balneário vai ficar fechado durante o final de semana e só será reaberto na terça-feira, 16, já com a empresa contratada pela Codemig à frente da administração.

As Thermas foi construída na década em 1930 e inseriu Poços de Caldas no circuito das águas termais, sendo referência por conta do poder de cura das águas sulfurosas.

Em maio do ano passado Poços de Caldas foi inserida no circuito termal europeu com a assinatura do termo de adesão, em Caldas da Rainha (Portugal), à European Historic Thermal Towns Association (EHTTA). A medida tinha como objetivo aumentar o número de turistas, principalmente os brasileiros, por meio do reconhecimento da importância das águas termais do município.

Via Poçoscom.com
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA