Onda Sul FM

Tribunal de Contas de Minas Gerais divulga Mapa Social com orçamento dos municípios em diversas áreas

O Mapa Social apresenta dados orçamentários dos municípios com Saúde, Educação, Segurança e uma visão geral.

O município de São Sebastião do Paraíso apareceu em primeiro lugar no Esforço Orçamentário em atividades da Saúde na participação dos gastos apresentados nas prestações de contas anuais (PCA) dos municípios ao Tribunal de Contas de Minas Gerais, no ano de 2015. Os dados fazem parte do Mapa Social do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) lançado nesta terça-feira, 7, pelo Gabinete de Segurança e Inteligência (GSI) do MPMG.

O Mapa Social é uma ferramenta digital que reúne indicadores nas áreas de Educação, Saúde e Segurança Pública dos 853 municípios mineiros e oferece um panorama da realidade socioeconômica e demográfica de Minas em cada uma das cidades. A ferramenta está disponível na página do Ministério Público e pode ser usada para pesquisas e levantamento entre as regiões.

Com os dados de 2015 com relação ao Esforço Orçamentário na área da saúde, a cidade de Carmo do Rio Claro aparece na 42ª posição, com uma média de 33,40% de gastos, onde a média estadual foi de 27%.

Segundo o MP, os dados utilizados para a composição do mapa são de bases oficiais e públicas, a saber: Índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS): Fundação João Pinheiro; Datasus; Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); Minas em Números; Atlas Brasil; Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM): Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); Portal Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). Cada área apresenta uma média de 16 indicadores diferentes, apresentados em gráficos e mapas.

Na área da Saúde, outros 15 indicadores são apresentados pelo Mapa Social, além do esforço orçamentário, como equipe Saúde da Família, gasto per capita com atividades de saúde, Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de longevidade, proporção da população atendida pelo Programa de Saúde da Família, quantidade de médicos e quantidade de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros.

Via Folhadamanha

A cidade de São Sebastião do Paraíso se destacou na saúde, ficando em primeiro lugar entre todos os 853 municípios, no indicador do esforço orçamentário, com 48,80% – a média estadual foi de 27,80%.

Os dados são referentes ao ano de 2015 e ao esforço orçamentário para gastos nas atividades da saúde, nas subfunções: atenção básica, assistência hospitalar e ambulatorial, suporte profilático e terapêutico, vigilância sanitária, vigilância epidemiológica e alimentação e nutrição.

Nas cidades da região, os melhores índices nessa área foram apresentados pelas cidades de Paraíso, em primeiro, seguida de Alpinópolis, com 35,90% e a 20ª posição estadual. Na sequência, São Tomas de Aquino, com 35,50%, 24º no Estado, e Cássia, com 34,40% e a 31º posição. Passos ficou com 28,00%, no 178º posicionamento.

A cidade de Delfinópolis ficou com o a última do Estado, com 0% de esforço orçamentário para a Saúde, nas contas de 2015.

Todos os dados tabulados foram extraídos das Prestações de Contas Anuais apresentadas por esses municípios ao Tribunal de Contas e são referentes ao ano de 2015. O banco de dados são públicos e podem ser acessados pelo site https://mapasocial.mpmg.mp.br/.

Nota da prefeitura de Carmo do Rio Claro:

“Em Carmo do Rio Claro a Prefeitura investe cerca de 28% na área da Saúde quando o mínimo exigido é de 25%. O Prefeito Tião Nara ressalta que todos os esforços têm sido feito para manter em dia os serviços oferecidos, porém, com o déficit de quase R$4 milhões devidos pelo Governo do Estado ao Município torna essa tarefa mais difícil.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Via Folhadamanha
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2018 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat