Onda Sul FM

#TudoVaiFicarBem Clipe de Pabllo Vittar gera onda de desabafos sobre LGTBQfobia na Internet

O último clipe da era “Vai Passar Mal” da Pabllo Vittar, lançado na noite de terça (10/4), despertou uma onda de desabafos na Internet.

 

Além disso, os famosos vídeos de “reação”, feitos por youtubers, se tornaram um lugar para dividir o peso do bullying e da discriminação sofridos no passado ou diariamente.

“Eu me vi nesse clipe, me vi ali na história. Tudo que a pessoa estava passando ali eu já passei também. Sou uma mulher transexual, ou seja, na minha época de escola, eu não era como sou hoje. Eu era muito diferente…

Por eu não ter essa aparência de menina e ter esse jeito meio louquinha, o pessoal pegava muito no meu pé. Eu repeti três vezes de ano, porque não conseguia ir ao colégio. Era muito bullying. Eu não gostava de falar isso com a minha família, porque não queria que minha mãe sofresse” – Mandy Candy.

“Eu não quis chorar. Isso não é uma reação. Penso isso como sinceridade, respeito. (…) Essa vida do Pabllo foi a minha vida. Eu tentei ficar ‘mais hetero’ fazendo esportes, mas todas as pessoas que iam ao colégio sabiam que eu não era assim, então faziam bullying comigo.

Eu tentava fingir quem eu não era. Mas eu sou indestrutível, querida. Agora essas pessoas que fizeram muitas coisas más na minha vida agora estão assistindo aos meus vídeos e dizendo ‘fui ao colégio com esse viado”- Dro Brigado.

“Eu, graças a Deus, não passei a isso na escola, com relação à agressão e ao bullying por ser gay. Mas era uma coisa meio escondida, sabe? Os meninos não me chamavam para o futebol, mas eu não me importava muito, não ligava…

Hoje, depois de crescico, de adulto, a gente começa a perceber que era um preconceito, mas que a gente não percebe com a inocência de criança. É tão triste ver um clipe como esse e pensar que muitos jovens, adolescentes e até mesmo crianças passam por isso na sociedade, que é tão maldosa, podre, preconceituosa” – Danilo Lourenço.

 

 

 

 

 

 

 

Via PoPline

 

 

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat