Justiça de Passos reduz acervo de processos cíveis

Compartilhar
A Comarca de Passos alcançou uma acentuada diminuição de seu acervo cível. De acordo com o Sistema de Informações Estratégicas do Judiciário (Sijud), de julho de 2016 a outubro de 2017, foram 5.906 processos baixados, 23.656 despachos proferidos, 3.252 audiências e 6.589 sentenças nas três varas cíveis.
Ambas receberam o apoio do projeto “Julgar: Rede Ampliada de Justiça”, voltado para o saneamento dos acervos; mas, segundo os magistrados titulares à época, foi decisiva a atuação dedicada dos servidores e dos funcionários, que potencializaram o apoio do programa para atingir produtividade elevada e regularizar a situação de suas unidades jurisdicionais.
A juíza da 1ª Vara Cível de Passos, Denise Canêdo Pinto, explica que, em sete meses de cooperação, foram proferidas 2.342 sentenças, das quais 270 no âmbito do Julgar. Ela avalia a proposta como bastante positiva. “Os processos foram devolvidos sem demora e com sentenças de excelente qualidade. Com o apoio da equipe, pudemos reunir forças para uma ação concentrada, e finalizamos mais de mil processos. Isso se traduziu em maior celeridade e na melhoria do atendimento”, conta.
A magistrada atribui os números positivos ao comprometimento de todos os servidores. “O segredo foi mesmo muito trabalho, jornadas longas e o envolvimento de toda a equipe. O empenho coletivo possibilitou um resultado muito acima das expectativas”, afirma.

Programa Julgar

Implantado em agosto de 2016, o programa “Julgar: Rede Ampliada de Justiça” tem dado vazão a feitos antigos em unidades judiciárias que necessitam de uma intervenção localizada. Em obediência ao objetivo de atender a uma meta do Conselho Nacional de Justiça, as ações precisam ter sido ajuizadas até 2014.
A proposta conta com o apoio do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Minas Gerais e procura melhorar os índices de produtividade e celeridade no tribunal.
Fórum de Passos-MG
Faça seu comentário usando o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.