Adolescente é morto dentro de cela em centro de internação

Compartilhar

Por volta das 02h40, agentes socioeducativos perceberam um novo tumulto em outro núcleo da unidade. Ao chegarem ao local, constataram que quatro internos haviam enforcado um quinto adolescente que ocupava o mesmo alojamento.

Quatro adolescentes infratores, com idades entre 16 e 17 anos, foram detidos suspeitos de matar um colega de cela na madrugada desta segunda-feira no Centro de Internação Provisória Dom Bosco, no Bairro Horto, Região Leste de Belo Horizonte.
A Polícia Militar (PM) foi chamada por volta das 2h20 desta segunda-feira para comparecer ao local, que fica na Avenida dos Andradas. Segundo a corporação, os agentes contaram que houve um princípio de tumulto em uma das celas do Núcleo 3. Chegando ao local, eles viram dois internos de cada lado da vítima puxando uma corda improvisada com pedaços de lençol. Ela estava amarrada no pescoço do rapaz.

Os agentes conseguiram conter os outros adolescentes e viram que a vítima, L.H.S, 17 anos, estava sem sinais vitais. A morte dele foi confirmada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).  O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Os adolescentes envolvidos no caso foram para a Delegacia de Orientação e Proteção à Criança e Adolescente (Dopcad) em uma viatura do socioeducativo.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informou que, no fim da noite de domingo, houve um tumulto  na unidade por conta de “divergências de opiniões religiosas”. Os internos chegaram a colocar fogo em colchões. Já na madrugada de hoje, houve confusão em outro núcleo da unidade, onde L. foi encontrado morto. 

 

Faça seu comentário usando o Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.