Água chega escura em residências de Poços após problema em estação de tratamento

Compartilhar

Um problema em uma estação de tratamento do Departamento de Água e Esgoto em Poços de Caldas causou transtornos aos moradores. Desde o início da semana, a água chegava escura e com barro a casas das zonas leste e sul.

Vários moradores compartilharam vídeos e fotos nas redes sociais mostrando a situação. A água teve alteração nas torneiras de pias, tanques e até no chuveiro.

“Estava muito escura e de escura já foi ficando preta, com mau cheiro. Não dava pra usar pra nada”, explicou a cozinheira Luciana Nery.

Após o problema ser identificado, o Dmae suspendeu o fornecimento e deixou algumas regiões sem água. “O que deixa a gente indignado é a demora pra resposta. Nós fomos lavar a louça quase por volta da meia-noite. Mesmo assim, água saindo bem turca e com bastante pressão no cano e na tubulação”, contou o vendedor Douglas Paes da Cruz.

Na manhã desta quinta-feira (6), a água parecia normal, mas houve registro de morador que encontrou a caixa d’água suja de barro. “Muito barro nas bordas, no fundo, inclusive vou fazer a limpeza de imediato. A gente esperar que o departamento responsável consiga solucionar esse problema de vez. Isso é recorrente, acontece em vários bairros da cidade em épocas diferentes. O problema não é tão simples como estão dizendo”, afirmou o motorista Sérgio Sarto.

Problema técnico
Segundo a direção do departamento, o problema aconteceu por conta de uma pane elétrica na madrugada de quarta-feira. “Nosso sistema de controle ficou às cegas. E nós tivemos água da captação misturando com os nossos reservatórios com a água tratada”, esclareceu o diretor Paulo César Silva.

Silva alega que o abastecimento for cortado de forma imediata, mas a água que estava na rede seguiu para os imóveis. “De forma ininterrupta, durante 19 horas, a equipe aguerrida do Dmae, pronta trabalhando, solucionou o problema. Nós limpamos a rede, fizemos a limpeza do reservatório e por volta das 21h a população começou a receber a água normal”.

Ainda conforme o diretor, a equipe do laboratório do Dmae acompanhou o caso e iniciou o cadastramento de moradores das casas atingidas. Ele também afirma que os consumidores atingidos terão valor abatido na conta de água do mês.

Para quem ainda está com a água turva a recomendação é que as torneiras sejam aberta para que a turbidez seja eliminada. “A água não é contaminada. Inclusive a equipe do laboratório fez todas as análises nas casas que constataram isso. E as pessoas que quiserem o serviço de limpeza das caixas d’água, o Dmae vai dar apoio”.

Sobre a reclamação do problema ser recorrente, o diretor afirma não ser verdade. “Foi uma fatalidade. Tivemos uma pane elétrica numa chuva muito forte, tivemos um raio, apagou o sistema nosso e aconteceu”.

 

Foto: Reprodução/EPTV

 

Fonte: G1
Faça seu comentário usando o Facebook