AMIRT emite nota de pesar pelo falecimento do ex deputado Caio Narcio

Compartilhar

A Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) lamenta, profundamente, o falecimento do ex-deputado federal Caio Narcio (PSDB-MG). O político morreu nesse domingo (16), vítima de uma doença autoimune e Covid-19. Ele estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP).

No dia 10 de julho deste ano, Caio sofreu uma convulsão e foi levado para o hospital na cidade paulista. Na ocasião, os médicos identificaram que ele estava, novamente, com meningoencefalite autoimune. Em 2018, o político já havia sido internado para tratar a doença e chegou a ficar 60 dias no Hospital Sírio Libanês.

Em nota, a assessoria do parlamentar disse que ele acabou contraindo o novo coronavírus durante o tratamento, o que agravou seu quadro de saúde.

Caio será enterrado em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, sua cidade natal, nesta segunda-feira (17), no Cemitério Parque dos Buritis.

A Amirt deseja condolências a todos os familiares, amigos, colegas e admiradores do parlamentar.

Trajetória

Caio Narcio, que é filho do também ex-deputado federal e ex-secretário de Estado Narcio Rodrigues, entrou para a vida política em 2015 e encerrou mandato em 2019. A maioria dos votos que recebeu veio das cidades de Frutal e Uberaba, ambas localizadas no Triângulo Mineiro.

O parlamentar era um cientista social e político brasileiro. Caio foi presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e idealizador e fundador do Conselho Estudantil Universitário (Ceunir).

Em 2006, ele se filiou ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Minas Gerais. Anos depois, foi eleito presidente do PSDB Jovem. Em sua gestão, criou mais de 200 diretórios em várias regiões do Estado. O parlamentar chegou a ser reeleito em 2013 com 97% dos votos em eleição aberta a todos os jovens filiados de Minas.

No ano em que foi eleito deputado federal, recebeu 101.040 votos, sendo o 3º Deputado Federal mais jovem de Minas Gerais. Caio chegou a ser membro-titular das comissões de Educação e da Comissão Minas de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. Além disso, foi membro-suplente da Comissão de Minas, Energia e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e integrou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

Fonte: Portal AMIRT

Faça seu comentário usando o Facebook