Antes de comprar sua passagem aérea descubra como conseguir o menor preço

Compartilhar

A maioria das pessoas está ciente de que as companhias aéreas definem o preço de seus bilhetes de acordo com uma gama quase incompreensível de fatores que incluem coisas como a antecedência da reserva, a concorrência em uma rota específica e muito mais. No entanto, o que algumas pessoas podem não perceber é que o custo do voo também varia de acordo com o local aonde você está quando faz o login para comprar sua passagem – e que você pode usar isso para economizar dinheiro. Veja como fazer.

Use uma VPN para fazer login de outro local

Um fator que as companhias aéreas usam para determinar quanto você paga pela passagem é onde você está no momento da compra. Se você se conectar de um país considerado “rico”, o site exibirá preços mais altos do que outros locais aonde o poder aquisitivo e procura por passagens aéreas é menor. Isso significa que, simplesmente usando uma VPN para fazer login de um país considerado menos rico, você pode se beneficiar das taxas mais atraentes oferecidas naquele país.

Se você ainda não sabe como usar VPN, não se preocupe porque é muito fácil. Basta se conectar escolhendo a bandeira do país que deseja ou escrevendo o nome do país.

Em alguns casos, para voos mais longos e caros, a economia pode ser enorme; então é definitivamente algo que vale a pena tentar.

O que é VPN?

Antes de falarmos sobre como fazer isso, vamos dar um passo atrás e pensar sobre VPNs, uma vez que nem todos estão familiarizados com elas. O que é VPN?

VPN significa Rede Privada Virtual e é usada para estender redes privadas a redes públicas. Não precisamos nos aprofundar nos detalhes técnicos aqui, mas o importante é que elas permitem que você acesse a internet como se você estivesse conectado em outro país.

Isso abre toda uma gama de possibilidades. Por exemplo, se você estiver no Brasil e quiser assistir a algo na televisão do Reino Unido pela Internet, poderá usar uma VPN para fazer login no Reino Unido. O programa de televisão estaria então disponível para você porque o site pensaria que você o estava acessando do Reino Unido. E se você fizer o mesmo ao comprar passagens aéreas, poderá fazer o site acreditar que está se conectando de um lugar que não está.

Então como você faz isso?

Usar uma VPN para encontrar voos mais baratos é realmente muito simples. Veja como fazer:

Baixe uma boa VPN. Primeiro, você precisa encontrar uma boa VPN. Existem muitas disponíveis, mas evite escolher uma gratuita porque as versões não-pagas raramente funcionam e estão sempre lentas por causa da quantidade de pessoas utilizando-as ao mesmo tempo.

Para instalar sua VPN em um computador, basta baixá-la de seu site. Como alternativa, para a instalação do smartphone, procure-a na app store e encontre-a lá.

Limpe o cache e os cookies

Os sites de companhias aéreas são inteligentes e apenas acessá-los por meio de uma VPN não é suficiente para encontrar essas ofertas mais baratas. Antes de começar, você precisa limpar o cache e os cookies para que o site não veja aonde você navegou antes – caso contrário, poderá descobrir que você está tentando enganá-lo e exibirá os preços de acordo com a sua última localização real.

Para onde quer que você vá e por mais que pague pela passagem, você vai querer ficar conectado durante a viagem.

Se você quiser evitar o incômodo de procurar pontos de acesso Wi-Fi ou depender de conexões lentas e não confiáveis de hotéis, pode levar um dispositivo Wi-Fi de bolso. A outra vantagem de uma VPN é que todos os seus dados estão protegidos em tempo real e você pode acessar anonimamente qualquer site do mundo que desejar. Evite agências porque agora com o coronavírus muitas estão cobrando multas por cancelamentos de viagens.

Faça seu comentário usando o Facebook