Após tentativa de feminicídio, família de Carmelitana pede doações de sangue

Compartilhar

Após uma carmelitana de 45 anos sofrer uma tentativa de homicídio, sendo caracterizada por feminicídio, a família pede doações de sangue.

A vítima foi brutalmente atacada pelo ex-companheiro na noite da última quinta-feira, 20, em Carmo do Rio Claro. Ela foi resgatada e está internada em estado grave no Hospital Alzira Velano. Após ter uma grande perda de sangue, familiares de Luciana Lino Suzana, pedem doações de sangue.

Foto Redes Sociais

No pedido, o filho da vítima esclarece que a doação pode ser feita de qualquer tipo sanguíneo. Para ajudar, basta ir ao Hospital Alzira Velano e informar que deseja realizar a doação de sangue em nome da paciente Luciana Lino Suzana.

A Prefeitura de Carmo do Rio Claro disponibilizará transporte para os doadores. Ainda será definida a data.

O que é preciso para doar?

• Ter e estar com boa saúde.
• Não ter ou não ter tido hepatite, doença de Chagas, sífilis, malária, AIDS e lepra.
• Ter idade entre 16 e 70 anos.
• Homem pesar acima de 50kg e mulher, 52kg.
• Não estar exposto a situações de risco (vários parceiros sexuais, uso de drogas, ter parceiro sexual portador do vírus da AIDS).
• Apresentar documento de identidade oficial, com foto.
• Não estar gripado ou resfriado.
• Não estar grávida ou amamentando.

Para mais informações acesso o site clicando aqui. Ou pelos telefones (35) 3299-3544 ou (35) 3299-3500.

Sobre o caso

A vítima foi atacada pelo ex-companheiro na noite de quinta-feira, 20, em um bairro próximo ao Planalto II. O homem foi localizado morto em sítio. O corpo apresentava sinais de morte por envenenamento ou por remédios.

 

 

Faça seu comentário usando o Facebook