Ariana Grande é processada por plágio em imagem do clipe de “God is a Woman”

Compartilhar

Lançado oficialmente em julho de 2018. O videoclipe da música “God is a Woman”, presente no álbum “Sweetener”, de Ariana Grande. È uma verdadeira ode à mulher, mas por causa de uma imagem utilizada, a cantora e a produção do clipe foram processadas por plágio.

A informação é do site TMZ, que teve acesso ao processo aberto pelo artista plástico Vladimir Kush contra Ariana Grande. Nos documentos, Vladimir afirma que quase 20 anos antes do lançamento do clipe de “God is a Woman” ele criou duas pinturas. Sendo assim,  que mostra uma mulher como pavio de uma vela e com um céu cheio de nuvens atrás.

Imagem essa bastante similar à que Ariana Grande faz no clipe de “God is a Woman”

Em suma, no processo de quebra de direitos autorais, Vladimir Kush pede indenização de valor não informado pelo TMZ. Além disso, e que o videoclipe de “God is a Woman”, hoje com quase 200 milhões de visualizações, seja retirado do ar.

Foto; Reprodução

 

Via Popline
Faça seu comentário usando o Facebook