Avanço da Covid-19 em MG preocupa Governo; para conter o vírus, a recomendação é para que fechem os comércios

Compartilhar

O governo de Minas Gerais publicou, nesta quinta-feira (25), novas recomendações para tentar conter o avanço da Covid-19 no Estado. A orientação é para que mais estabelecimentos sejam fechados. Minas estado registrou um novo recorde de mortes em 24 horas.

De acordo com as recomendações, as prefeituras devem suspender os serviços que possam provocar aglomerações, como o funcionamento do comércio, por exemplo. A lista de locais que deveriam fechar, que já incluía cinemas, clubes e academias, agora também tem salões de beleza e barbearias.

O governo de Minas programou uma reabertura gradual, por ondas. Mas onze das catorze regiões do Estado estão classificadas na chamada “onda verde”, a primeira, em que só os serviços considerados essenciais podem funcionar. Só que são as prefeituras que definem se vão ou não seguir essas recomendações.

Pela deliberação publicada nesta quinta-feira, duas regiões que estavam na “onda branca” – que é a primeira fase, considerada de baixo risco e que permite o funcionamento de lojas de artigos esportivos, móveis e tecidos, auto escolas, imobiliárias e serviços de advocacia, – voltaram para a onda verde, onde somente as atividades essenciais devem funcionar.

As duas macrorregiões são a Centro-Sul e a Leste-Sul. Na Centro-Sul estão municípios como Barbacena, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, São João Del rei e Tiradentes. Já na Região Leste-Sul estão cidades como Manhuaçu, Manhumirim e Viçosa. Todas as demais regiões do Estado seguem na “onda verde”. Essas recomendações são para as cidades que aderiram ao programa Minas Consciente.

O Estado teve um novo recorde de mortes por Covid-19 em 24 horas. Ao todo, são 771 vítimas – 51 confirmadas de um dia para o outro.

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Avanço da Covid-19 em MG preocupa Governo; para conter o vírus, a recomendação é para que fechem os comércios

Comments are closed.