Boa Esperança inaugura 12 leitos de UTI para tratamento de covid-19

Compartilhar

O município de Boa Esperança (MG) vai ganhar 12 leitos de UTI para tratamento de pacientes da Covid-19. Dez deles são destinados a adultos e outros dois para recém-nascidos. As obras para construção começaram em julho e eles serão inaugurados nesta sexta-feira (14).

Os novos leitos custaram R$ 1,8 milhão. Os equipamentos e recursos vieram do governo estadual. Boa Esperança tem uma população estimada de cerca de 40 mil habitantes e até hoje não tinha nenhum leito de UTI.

“Estamos trazendo a possibilidade de tratar nossos pacientes críticos da covid-19 em nosso município, sem a necessidade de transferência. Eles vão estar próximos de suas famílias e de seus entes queridos”, explicou o secretário de saúde do município, André Luiz Costa.

Quando a pandemia chegar ao fim, a ideia é que o hospital incorpore esses leitos para tratamento de doenças graves. Quem precisava desse atendimento tinha que ir até hoje para Três Pontas (MG), que era a cidade referência, com 15 leitos.

Além de Boa Esperança, esses leitos vão atender também a microrregião de Três Pontas, Ilicínea (MG), Coqueiral (MG) e Santana da Vargem (MG). Agora a microrregião passa a contar com 27 leitos de UTI.

“Estamos entregando hoje a UTI completamente montada com tecnologias de parâmetros mundiais para pacientes de covid-19 e também para atendimentos de casos mais complexos, que antes não podíamos fazer”, disse Rember Berteli Couto, diretor técnico da Santa Casa de Boa Esperança.

A princípio, os novos leitos serão para atendimento exclusivo de pacientes de Covid-19. Até agora, Boa Esperança tem 77 casos confirmados da doença, com seis mortes. Uma pessoa está internada, segundo a prefeitura.

Durante a pandemia, o número de leitos de UTI cresceu 43% no Sul de Minas. Em fevereiro, eram 281 leitos. Agora são 501 em toda a região.

Fonte: G1
Faça seu comentário usando o Facebook