BRASIL | Copa América vai acontecer e já começa no domingo; veja os jogos

Compartilhar

Finalmente há uma definição sobre a Copa América. Ela vai acontecer! E já começa neste domingo (13) com o Brasil enfrentando a Venezuela, no Estádio Mané Garricha, em Brasília.

Há muita polêmica sobre a realização da competição com a alta de casos de Covid no país, mas CBF e governo federal aceitaram que aconteça por aqui. Inicialmente, Argentina e Colômbia receberiam o torneio, mas o caos político dos colombianos e a situação do coronavírus na terra dos nossos “hermanos”, fez com que a Conmebol mudasse os planos.

No Brasil, jogadores da seleção são contrários à Copa América agora, porém decidiram entrar em campo. Algumas marcas famosas desistiram de patrocinar a competição, tamanha a repercussão negativa da realização do evento no país.

Falando de bola, a seleção brasileira está no grupo B, com Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. O grupo A é composto por Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Os times jogam entre si dentro de cada chave. Os quatro primeiros se classificam para as quartas de final. O primeiro colocado de um grupo enfrenta o quarto lugar do outro. O segundo encara o terceiro. Quem vencer o jogo único avança. Se houver empate, a decisão será nos pênaltis.

Jogos do Brasil na 1.ª fase:

Domingo – Brasil x Venezuela, no Mané Garrincha

17/06 – Brasil x Peru, Engenhão

23/06 – Brasil x Colômbia, Engenhão

27/06 – Brasil x Equador, Olímpico

Convocados

Goleiros: Alisson (Liverpool), Éderson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Laterais: Émerson Royal (Barcelona), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid);

Zagueiros: Éder Militão (Real Madrid), Felipe (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (Chelsea).

Meias: Casemiro (Real Madrid), Douglas Luiz (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Lyon);

Atacantes: Everton Cebolinha (Benfica), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Vini Jr (Real Madrid).

Protocolos

Todos os jogos serão sem a presença de público. As delegações serão testadas a cada 48 horas e terão que ficar em isolamento nos hotéis das cidades. Só poderão sair para treino, jogo ou problema de saúde. A vacinação não é obrigatória.

Faça seu comentário usando o Facebook
Qual sua reação sobre o post!?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Menu
Right Menu Icon