Brasil registra 5ª alta seguida e tem 3º dia com mais mortes

Compartilhar

O Brasil voltou a ter alta no número de mortes pelo quinto dia consecutivo e registrou o terceiro dia com mais óbitos desde o início da pandemia nesta quinta-feira. Em balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, mais 1.156 mortes foram registradas em 24 horas, chegando agora ao total de 26.754 vidas perdidas pelo novo coronavírus.

Desde o último domingo que o País vem apresentando crescimento no número de mortos, quando registrou 653 óbitos. Na segunda foram 807, na terça mais 1.039 e na quarta foram 1.086 mortes. O número registrado hoje fica atrás apenas de dois dias: 1.179 no dia 19 e
1.188 no dia 21, atual recorde.

Do total de óbitos confirmados nesta quinta, somente 539 ocorreram nos últimos três dias. O restante aconteceu em período anterior, mas só teve agora a confirmação. O ministério informou que outros 4.221 óbitos estão em investigação por suspeita de covid-19.

O número de novos casos também é bastante preocupante, já que houve novo recorde em 24 horas – 26.417 -, e agora são 438.238 pessoas contaminadas.

O Brasil segue ocupando a segunda posição entre as nações com mais casos de covid-19 no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que acumula mais de 1,7 milhão de infectados, segundo dados compilados pela plataforma da Universidade Johns Hopkins até às 19h desta quinta-feira.

 pandemia do novo coronavírus se tornou a principal causa de mortes por dia no País. O maior número de infecções continua em São Paulo, com 95.865 diagnósticos e 6.980 mortes. O Rio tem 44.886 casos e 4.856 óbitos. No Ceará são 37.821 infecções e 2.733 mortes.

Na lista das nações com mais mortes acumuladas, o Brasil ocupa a 6ª posição. Só fica atrás de Estados Unidos (101.196), Reino Unido (37.919), Itália (33.142), França (28.665) e Espanha (27.119). Em todo o mundo, a covid-19 já infectou 5,9 milhões de pessoas, causando a morte de 359 mil delas, também de acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins.

 

 

Fonte: TERRA

Faça seu comentário usando o Facebook