Bruno Gissoni paga R$ 36 mil de dívida de aluguel

Compartilhar

Justiça mandou o valor restante da dívida para cálculo

(foto/reportagem)

 

Bruno Gissoni desembolsou R$ 36 mil para pagar, perante à Justiça, uma dívida com os proprietários de uma casa no Cosme Velho, que ele e mais dois sócios alugaram para abrigar o Centro Cultural KZA da Ladeira. Inicialmente, a dívida ultrapassava R$ 200 mil, mas como os ex-inquilinos fizeram reforma na casa, o valor caiu para R$ 46 mil, que é o total dos alugueis que começaram a atrasar em junho de 2016.

Como não houve acordo, os envolvidos tiveram que pagar os R$ 36 mil à vista, e o restante da dívida foi para cálculo para decidir o novo valor com a correção. Caso os réus não paguem, eles terão seus bens penhorados.

O processo foi movido pelos donos do imóvel, dois lutadores de MMA, na 50ª Vara Cível do Rio. Em janeiro do ano passado, Bruno e os sócios receberam ordem de despejo pelos atrasos nos aluguéis e pelos danos detectados no imóvel.

A coluna entrou em contato com Bruno, ontem à tarde, que por telefone disse apenas:

“Isso está com meu advogado. Prefiro não comentar”.

 

Faça seu comentário usando o Facebook