Buscas por Felipe são suspensas; inquérito policial ainda não tem previsão para ser concluído

Compartilhar

Foram suspensas na tarde desta quarta-feira, 15, as buscas feitas pelo Corpo de Bombeiros pelo carmelitano Felipe Tadeu Benedito, que desapareceu nas imediações da ponte do Rio Turvo, em Capitólio, no início da noite do dia 27 de junho.

Decisão de suspensão das buscas
“A decisão ocorreu em função da logística para o deslocamento dos soldados de Guaxupé, Passos, e de a área a ser buscada já ter sido totalmente varrida. Outros detalhes são que as ações dos mergulhadores são bastante dificultadas em razão da profundidade, turbidez da água e a enorme quantidade de galhos de árvores, na qual o risco para a integridade física dos militares excedeu o limite aceitável para as buscas em se tratando de possível óbito, e quando todos os meios possíveis e disponíveis foram utilizados”, explicou o comandante da 2ª Companhia dos Bombeiros de Passos, Primeiro-Tenente Daniel Alves.

A Marinha do Brasil informou que a Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas) tomou conhecimento na manhã de 28 de junho do desaparecimento de Felipe, que teria saltado de uma embarcação no Rio Turvo. Imediatamente a DelFurnas enviou uma equipe de busca e salvamento ao local para auxiliar na ocorrência. No momento do ocorrido, o próprio condutor da embarcação procurou pelo banhista, mas não obteve sucesso. A Marinha realizou as buscas diariamente, no período entre o nascer ao pôr do sol, até no último domingo (12), com equipes compostas por três a oito militares, que utilizaram uma moto aquática e uma embarcação de casco semirrígido, em coordenação com mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

Relato das testemunhas
De acordo com o Delegado Fluvial de Furnas, o capitão de corveta Fábio Luis Moreira Jacobucci Bambace, dias após o afogamento, testemunhas que estavam na mesma lancha que Felipe prestaram esclarecimentos por meio de cartas explicativas.

“Todas afirmaram que a vítima saltou da embarcação, com capacidade para dez pessoas, que estava em perfeitas condições de navegação, e que o condutor não havia ingerido bebida alcoólica”, afirmou Bambace.

As testemunhas contaram que Felipe estava sentado da proa da embarcação. Em um determinado ponto do passeio, ele se levantou, disse que queria dar um susto nos colegas e pulou no rio.

O condutor da embarcação relatou aos militares dos bombeiros que imediatamente parou a lancha, pegou uma boia e, junto com os demais embarcados, começou a procurá-lo visualmente. O veículo, ainda de acordo com o relato, seguia em baixa velocidade em direção a uma pousada da região.

Familiares e amigos de Felipe cobram explicações sobre o ocorrido
Nas redes sociais, familiares e amigos de Felipe cobram por explicações sobre o ocorrido e pedem mais empenho nas investigações.

A mãe de Felipe, Maria Lúcia Benedito disse que não vai desistir de encontrar o filho e que está com o coração despedaçado, mas rezando e com fé que seu filho vai aparecer. Lúcia ainda disse que seu filho era um homem trabalhador e nunca fez mal a ninguém.

Um familiar de Felipe que estava acompanhando as buscas disse que “todos os cantos foram vasculhados, inclusive na barragem de Furnas e que algumas pessoas que trabalham no Turvo disseram que nunca houve um caso parecido como este”.

Uma das maiores carreatas já vistas foi realizada em Carmo quando completou-se uma semana do desaparecimento de Felipe. Com cartazes pedindo Justiça e orações, os amigos de Felipe percorreram toda a cidade como forma de homenagear e pedir mais empenho das autoridades nas investigações sobre o desaparecimento.

Inquérito Policial
A pedido do advogado da família e de um dos irmãos de Felipe, foi aberto Inquérito Policial (IP) para apurar se houve fatores extras que culminaram no afogamento. O delegado Fernando Henrique Turini Berdugo revelou que até na quarta-feira (14), 13 pessoas envolvidas no caso já foram ouvidas e as diligências estão sendo realizadas.

O Delegado informou que “até o momento não há novidades em relação ao que já foi apurado que possam ser reveladas e o inquérito não tem previsão para ser concluído”.

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Buscas por Felipe são suspensas; inquérito policial ainda não tem previsão para ser concluído

Comments are closed.