Campo Belo: dupla suspeita de estelionato é presa após cometer golpe

Compartilhar

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em ação conjunta com a Polícia Militar, prendeu dois homens, de 23 e 28 anos, suspeitos de praticarem o crime de estelionato, na modalidade conhecida como golpe do motoboy. Conforme investigado, a dupla fez vítimas nas cidades de Campo Belo e Lagoa da Prata, região Centro-Oeste, e em Itajubá, no Sul de Minas. Durante a ação policial, ainda foram apreendidas diversas máquinas de cartão, cerca de R$ 2,5 mil em dinheiro, além de comprovantes de pagamentos.

As investigações começaram após a equipe da Delegacia de Polícia Civil em Campo Belo ser comunicada sobre a ocorrência do crime no município. A vítima informou ter sofrido um prejuízo de R$ 3,9 mil. Após levantamentos, os policiais civis identificaram os suspeitos, bem como a placa do veículo utilizado por eles. A informação foi difundida entre outras unidades da PCMG e repassada à Polícia Militar, visando à localização dos investigados de forma mais ágil.

No mesmo dia, na última sexta-feira (9/4), por volta de 19h30, os suspeitos foram abordados por policiais militares na praça de pedágio da cidade de Cambuí, localizada a 254 quilômetros de Campo Belo. A dupla foi conduzida para a Delegacia de Plantão em Pouso Alegre. O depoimento da vítima foi remetido por meio digital e o flagrante pôde ser ratificado. Ainda houve a apreensão do veículo utilizado pelos investigados.

Os suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça. O número de vítimas da dupla é levantado pela PCMG.

Golpe do motoboy

O golpe do motoboy consiste no contato telefônico de estelionatários, passando-se por funcionários de banco e questionando compras efetuadas nos cartões das vítimas, sob o argumento de possível clonagem. Em seguida, elas são informadas de que um motoboy irá até a casa delas buscar o cartão e, nesse momento, deverão entregar também uma carta contendo a senha. Em posse do material, os golpistas efetuam transferências e compras por meio das contas das vítimas.

A orientação da PCMG é de que o cidadão não repasse nenhum dado por telefone. A Polícia Civil informa, ainda, que instituições financeiras não recolhem cartões bancários na residência de clientes. Portanto, após recebimento de ligação sobre eventual problema, o titular da conta deve consultar seu gerente.

Fonte: ASCOM-PCMG
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Campo Belo: dupla suspeita de estelionato é presa após cometer golpe

Comments are closed.

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com