Onda Sul FM

9 – Gerais/MD

Municípios abastecidos pelo Rio Grande sofrem com a escassez de água

Municípios abastecidos pelo Rio Grande sofrem com a escassez de água

9 - Gerais/MD, Cidade, Cidades, Módulos, Notícias, Sul de Minas
Moradores de municípios abastecidos pelo Rio Grande no Sul de Minas estão sofrendo com falta de água frequente devido à estiagem. Ao todo, 107 cidades são banhadas pela bacia do Rio Grande, sendo que 55 ficam na região Sul. Em Perdões, por exemplo, a captação de água funciona as margens do Rio Grande. O local fica a cerca de um quilômetro da Usina do Funil, mas mesmo assim, na semana passada faltou água na cidade. Sem água, a Santa Casa correu risco de cancelar atendimentos, já que o reservatório só tem capacidade pra atender por 24 horas o único hospital da cidade. O empresário Erli Aparecido de Sá também foi pego de surpresa e precisou parar por dois dias a produção de blocos de cimento. Ele diz que teve prejuízo de mais de R$ 3 mil. Pra o especialista Afonso Henrique M
Com cortes de verbas Unifal perde 148 bolsas de iniciação científica e pós-graduação

Com cortes de verbas Unifal perde 148 bolsas de iniciação científica e pós-graduação

9 - Gerais/MD, Alfenas/MG, Cidades, Educação, Módulos, Notícias
Os cortes de verbas para pesquisas, feito pelo governo federal, já causaram reflexos. Na Universidade Federal de Alfenas (Unifal), algumas pesquisas estagnaram. Ao todo, a universidade já perdeu 148 bolsas entre a verba para a iniciação científica da Fapemig na graduação e as bolsas pós-graduação financiadas pelo governo federal. Alguns cursos, como o de economia, perderam 100% das bolsas. Um dos projetos que perdeu financiamento é um que estuda um dispositivo para aliviar a dor, que é mais acessível para o SUS. "A gente queria estudar melhor o sangue desses pacientes, para entender melhor esses processos, mas por enquanto a gente não consegue atingir esse objetivo por não ter mão de obra, que seriam os alunos de mestrado com dedicação exclusiva, que trabalham 40 horas no laboratório
Universidades e institutos federais do Sul de Minas temem cortes nos repasses do MEC em 2020

Universidades e institutos federais do Sul de Minas temem cortes nos repasses do MEC em 2020

9 - Gerais/MD, Cidades, Educação, Módulos, Notícias, Sul de Minas
Três universidades e dois institutos federais do Sul de Minas estão reorganizando seus gastos devido aos cortes nos repasses feito pelo Ministério da Educação (MEC) em 2019. Agora, as instituições se preparam para novas reduções orçamentárias previstas para o próximo ano, 2020. Desde abril e até o momento, 63% dos orçamentos das universidades federais foram bloqueados. Já para o ano de 2020, a proposta orçamentária já apresentada prevê uma redução de R$ 300 milhões em relação ao orçamento deste ano. Além disso, o MEC também afirma que um índice de gestão irá nortear a distribuição orçamentária. Algumas medidas tomadas para reduzir gastos são comuns às universidades e institutos federais. Como exemplos dessa adaptação, foram reduzidos o número de trabalhadores terceirizados, diárias d
Presidente da Amirt participa de palestra sobre rádio

Presidente da Amirt participa de palestra sobre rádio

9 - Gerais/MD, Cidades, Gerais, Módulos, Notícias, Varginha/MG
A Universidade Unis, em Varginha, no Sul de Minas, patrocinou um Seminário de Rádio que aconteceu nessa terça-feira (17). No evento estavam presente cinco emissoras de rádio da região. Sendo elas: Itatiaia, Rádio D2, Minas FM, Onda Sul e Onda Poços, as duas últimas do presidente da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt), Luciano Pimenta, que participou do seminário. A finalidade do evento era mostrar para os estudantes e publicitários a força do rádio para informação e mercado, principalmente referente a públicos e anunciantes. Além disso, o seminário ainda teve o intuito de dar mais visibilidade às rádios e destacar as emissoras como uma das vertentes da comunicação. De acordo com o  presidente da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), Adriano de Almeida Gadbem,
Setembro Amarelo: filósofo avalia a angústia da juventude e sua relação com o alto índice de suicídio

Setembro Amarelo: filósofo avalia a angústia da juventude e sua relação com o alto índice de suicídio

9 - Gerais/MD, Cidades, Módulos, Mundo, Notícias, Saúde
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 800 mil pessoas cometem suicídio todos os anos no mundo inteiro, e esta tem sido a principal causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos; mais do que o câncer, a AIDS e a malária, inclusive no Brasil. Os números são alarmantes, e explicam a criação não apenas de políticas públicas governamentais, mas da sociedade civil e de ONGs em iniciativas como o Setembro Amarelo. Filósofo e pesquisador, Fabiano de Abreu aponta que existe um motivo para o jovem ser mais suscetível ao desejo de suicídio: “A experiência é o alimento da sabedoria, é nossa refeição cotidiana para sabermos lidar com as situações e adversidades. Ao longo da vida, passamos por essas adversidades e percebemos que são apenas momentos passageiros. O jovem, no entanto é desprovido
Conselho Regional de Minas Gerais lança plataforma digital para fiscalizar barragens

Conselho Regional de Minas Gerais lança plataforma digital para fiscalizar barragens

9 - Gerais/MD, Cidades, Gerais, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Para potencializar a fiscalização em barragens no estado, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) lançou, em setembro de 2019, uma plataforma digital voltada a atender as demandas específicas deste setor. O intuito é agilizar a fiscalização, antecipando a coleta de dados dos empreendimentos que possuem essas estruturas. Por meio de um site, o Crea-MG disponibiliza formulários para que os empreendedores repassem as informações de conformidade com as normas exigidas pelo Conselho Federal de Engenharia (Confea). Os dados vão alimentar a plataforma digital do Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens (SNSB). A partir deles, as barragens serão classificadas quanto à periculosidade, ajudando a orientar as ações de fiscalização por todo
Anvisa anuncia proposta de nova rotulagem nutricional frontal de alimentos

Anvisa anuncia proposta de nova rotulagem nutricional frontal de alimentos

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Módulos, Notícias, Saúde
Em reunião organizada na última Quinta Feira (12) pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a agência apresentou o modelo que será levado para consulta pública sobre a rotulagem nutricional frontal de advertência no Brasil. O design que foi escolhido usa o formato de lupa, que, de acordo com a agência, será obrigatória nos rótulos dos alimentos embalados cujas quantidades de açúcares adicionados, gorduras ou sódio sejam iguais ou superiores aos limites definidos. Após a publicação da consulta pública no Diário Oficial da União, o prazo para envio de contribuições será de 45 dias. Abaixo o modelo que será anexado as embalagens dos gêneros alimentícios: Sobre a aplicação do novo rótulo, a agência informou que ele será aplicado na frente das embalagens, na parte superior.
Senador de MG apoia a abertura da “CPI Lava Toga”

Senador de MG apoia a abertura da “CPI Lava Toga”

9 - Gerais/MD, Brasil, Cidades, Gerais, Módulos, Notícias
O senador de Minas Gerais pelo PSD Carlos Viana é um dos parlamentares que assinou  o pedido para a abertura da CPI Lava Toga, como é conhecida pelos senadores. De acordo com o requerimento da instalação da comissão, consta que ela será formada por dez membros titulares e seis suplentes, terá a duração de 120 dias e limite de despesas em torno de R$30 mil. O Senado mantém a articulação para conseguir as assinaturas necessárias para a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito, o qual tem o intuito de investigar supostos abusos do presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. A proposta pra criação de tal comissão é do senador Alessandro Vieira. A CPI se destina a investigar “condutas ímprobas, desvios operacionais e violações éticas por parte de membros do Supremo Tribunal
Etanol segue valendo mais a pena que a gasolina em Minas e mais quatro estados

Etanol segue valendo mais a pena que a gasolina em Minas e mais quatro estados

9 - Gerais/MD, Cidades, Economia, Minas Gerais, Módulos, Notícias
Os preços médios do etanol continuaram vantajosos ante os da gasolina em cinco estados brasileiros na semana passada, sendo eles: Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 60,61% do preço da gasolina; em Goiás, a 64,74%; e, em Minas Gerais, a 62,48%. Em São Paulo a paridade ficou em 64,67% e no Paraná em 69,37%. Na média dos postos pesquisados no país, a paridade é de 66,22% entre os preços médios de e
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA