Cesta básica encarece neste fim de ano em Passos

Compartilhar

Comparado ao último mês de novembro, o valor total da cesta básica no município apresentou um aumento de 3%. Entre os produtos que contribuíram com aumento, o alho está em primeiro lugar e a cebola em último.

Cesta básica encarece neste fim de ano em Passos.

Conforme divulgado pelo Procon Municipal de Passos em sua última pesquisa do ano, os consumidores passenses pagarão 3% a mais no conjunto de produtos que compõem a chamada cesta básica. Para a aquisição dos itens determinados e considerando os hábitos de uma família constituída por quatro pessoas, o consumidor gastará, em média, R$468,76, comportamento numérico que representa R$13,65 a mais que o destinado no último mês.

De acordo com o Procon, o levantamento atual foi realizado entre os dias 5 e 8 de dezembro, e toda a tabulação levou em conta os produtos mais baratos encontrados em cada estabelecimento. Entre os produtos que apresentaram queda nos preços, a carne de 2ª foi registrada na primeira posição com 11% a menos. Café (-10%), margarina cremosa e arroz tipo 1 (-5%), extrato de tomate (-4%). achocolatado em pó e creme dental (-3%) e sal (1%) também reduziram os seus preços.

Já entre os produtos que contribuíram para que o consumidor destine um valor maior de seu orçamento no momento da compra mensal, o alho é o campeão com 32% a mais contabilizados em seu valor. Em seguida, o papel higiênico (+28%), ovos (+18%), detergente líquido (+12%), absorvente higiênico (+11%), açúcar (+10%), batata (+9%), biscoito maisena e água sanitária (+8%), assim como a farinha de mandioca, salsicha hot dog, sabão em pó e sabonete (+7%), óleo de soja, leite em pó e sabão em barra (+6%), farinha de trigo e macarrão espaguete (+5%), feijão carioca e queijo muçarela (+4%) e cebola, carne de 1ª e frango resfriado (+3%).

Ciente do aumento dos preços, enquanto escolhia um dos produtos na prateleira a aposentada Benedita Catarina revelou que busca sempre os produtos que estão em promoção. Outra alternativa informada pela aposentada foi a opção de ir aos supermercados somente ao necessitar repor os itens, situação que, segundo ela, permite comprar mais e gastar menos.

Planejamento

Assim como Benedita, o casal paulista João Pedro Torres e Milena Soares Torres, que já estão na cidade para passar as festas de fim de ano com a família, também confessaram que economia vem em primeiro lugar. De acordo com a dentista, a intenção é aproveitar os dias de descanso sem extrapolar ou ultrapassar o limite financeiro já calculado, pois os planos do casal para o próximo ano é organizar a chegada de um bebê.

Mesmo com um salário razoável para o mercado atual brasileiro, João Pedro disse estar preocupado com os preços encontrados. “Nossa família não é tão grande, mas quando reúne, come e bebe por um batalhão. Essas festas são as mais aguardadas e também uma forma de rever todos os parentes, mas dessa vez vamos precisar dividir as despesas certinho para ninguém sair no prejuízo, principalmente nós, que estamos querendo aumentar a família e sabemos o quanto isso demanda dinheiro”, finalizou.

Vale ressaltar também que o Procon disponibiliza aos consumidores interessados cópias da última pesquisa divulgada, por isso, quem desejar ter acesso ao levantamento, deve comparecer em sua sede, que fica localizada na Rua dos Engenheiros, 199, no horário de 11h às 17h.

Via Folhadamanha
Faça seu comentário usando o Facebook
Qual sua reação sobre o post!?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Menu
Right Menu Icon