Cidades entre 50 mil e 100 mil habitantes acumulam maior número de mortes pela Covid-19 no Sul de MG

Compartilhar

Levantamento do G1 com base nos dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) apontam que os municípios com população entre 50 mil a 100 mil habitantes são os que mais registraram mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia no Sul de Minas. Ao todo, foram 813 mortes confirmadas até agora pela SES-MG em sete municípios que se enquadram nessa faixa de população.

Logo em seguida, aparecem as cidades que têm entre 10 mil e 25 mil habitantes. Ao todo, a região possui 58 municípios com essa faixa de população, que já registraram 802 mortes. As cinco cidades da região que possuem mais de 100 mil habitantes registraram 698 mortes pela doença até o momento.

Treze cidades com população entre 25 mil e 50 mil habitantes tiveram 462 mortes confirmadas e municípios com menos de 10 mil habitantes tiveram 433 mortes confirmadas em 74 cidades.

Cidades com mais mortes confirmadas pela Covid-19 no Sul de MG

Faixa de populaçãoNúmero de cidadesMortes confirmadas
Até 10 mil habitantes81433
10 mil a 25 mil habitantes58802
25 mil a 50 mil habitantes13462
50 mil a 100 mil habitantes7813
Acima de 100 mil habitantes5698
Total1643.208

Cidades entre 50 mil e 100 mil habitantes

 

As cidades entre 50 mil e 100 mil habitantes foram as que registraram mais mortes até o momento, número que é puxado principalmente por Itajubá, que já tem 301 mortes confirmadas pela SES-MG. A cidade de 97.334 habitantes tem a maior taxa de mortalidade do Sul de Minas pela doença: 3,09 mortes a cada grupo de 1 mil habitantes, quase o triplo da taxa regional, que é de 1,09.

São Sebastião do Paraíso, que tem 71,4 mil habitantes, já registrou 127 mortes da doença, mas a taxa de mortalidade é bem menor: 1,78. Alfenas, que tem 80,4 mil habitantes, já registrou 118 mortes desde o início da pandemia e tem uma taxa de mortalidade de 1,47.

Cidades de 10 mil a 25 mil habitantes

 

Os dados apontam que cidades menores também têm sofrido bastante com a disseminação e a mortalidade do vírus causador da Covid-19. Ao todo, 58 cidades da região com população entre 10 mil e 25 mil habitantes tiveram somadas até o momento 802 mortes pela doença.

A cidade turística de Camanducaia, bastante procurada por conta do Distrito de Monte Verde, é a cidade nessa faixa de população com mais mortes confirmadas até o momento pelo Estado causadas pela doença: 39. O município tem 21.801 habitantes e uma taxa de mortalidade de 1,79 a cada grupo de mil habitantes.

Cidades com maior taxa de mortalidade pela Covid-19 no Sul de MG

CidadePopulaçãoMortes confirmadasTaxa mortalidade a cada grupo de 1 mil habitantes
Itajubá97.3343013,09
Toledo6.297193,02
Piranguinho8.640263,01
Bom Repouso4.244122,83
Senador José Bento1.46142,74
Pouso Alto5.900162,71
Itamogi10.157262,56
Itapeva9.881242,43
São João da Mata2.74662,18
Espírito Santo do Dourado4.710102,12

Já Itamogi, que tem 10.157 habitantes, aparece como a cidade nessa faixa populacional com a maior taxa de mortalidade: 2,56. Até agora foram confirmadas 26 mortes no município. Em seguida, aparece Itanhandu, que com 15.423 habitantes, já registrou 31 mortes e tem uma taxa de mortalidade de 2,01 a cada grupo de mil habitantes.

Com maior população que essas duas cidades, Bom Sucesso, que tem 17.607 habitantes, possui até o momento apenas 4 mortes confirmadas pela doença e uma taxa de mortalidade de 0,23. Carmo da Cachoeira, que tem 12.182 habitantes, confirmou apenas três mortes e tem uma taxa de 0,25.

Cidades pequenas têm maior taxa de mortalidade

 

O Sul de Minas têm ao todo 81 cidades com menos de 10 mil habitantes, o que corresponde à praticamente a metade do total de municípios da região. Essas cidades registraram até agora 433 mortes pela doença, sendo que sete cidades nessa faixa populacional ainda não tiveram confirmações de mortes pela Covid-19. Das 10 cidades com maior taxa de mortalidade pela doença na região, oito têm menos de 10 mil habitantes.

Entre essas cidades, Piranguinho, com 8.640 habitantes, é a cidade com mais mortes confirmadas até o momento pela SES-MG. Foram ao todo 26 óbitos pela Covid-19, o que faz com que a cidade tenha uma taxa de mortalidade de 3,01 a cada grupo de mil habitantes. A taxa de mortalidade da cidade só não é maior do que a de Toledo, que até o momento registrou 19 mortes, mas tem uma população de 6.297 habitantes.

São Tomé das Letras, Soledade de Minas, Carvalhos, Fortaleza de Minas, Ibitiúra de Minas, Fama e Serranos seguem sem nenhuma morte confirmada pela Covid-19 até o momento.

Fonte: G1
Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com