Circuito da Rota das 10 Cachoeiras recebe incentivo

Compartilhar

Quinze famílias do entorno do Parque Estadual da Serra do Intendente (Pesi), região que faz parte do circuito da Rota das 10 Cachoeiras, vão receber incentivo do governo estadual e parceiros públicos e privados. O objetivo é desenvolver o turismo.

A iniciativa faz parte de um projeto da Associação Viva Cidade, desenvolvido em parceria com a unidade de conservação administrada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e com a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, além do apoio da Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

O projeto, nomeado “Incentivo para Desenvolvimento do Turismo de Base Comunitária na Rota das 10 Cachoeiras”, foi um dos ganhadores do edital Programa Crescer, da empresa Anglo American.

Um total de R$ 40 mil serão destinados para a cobertura de despesas de transporte e hospedagem de seis alunos da faculdade de turismo da UFVJM, durante período de diagnóstico, para o desenvolvimento e entrega de um plano de ação para melhoria da estrutura turística local e elaboração de plano de negócio para essas famílias.

Comunidades

As comunidades de Três Barras, Cubas, Tabuleiro, Parauninha, Candeias e Baú, que circundam o parque, no município de Conceição do Mato Dentro, têm seus caminhos traçados com os atrativos da Rota e com diversos serviços oferecidos na região.

O turismo de base comunitária tem como principais componentes a promoção da conservação ambiental, valorização da identidade cultural e geração de benefícios diretos para as comunidades receptoras.

Trabalhar a Rota das 10 Cachoeiras é uma estratégia que possibilita o envolvimento das comunidades por meio da prestação de serviços como hospedagem, alimentação, condução de visitantes, comercialização de artesanatos e produtos locais.

Diagnóstico

Os universitários realizarão o diagnóstico para adaptação de estrutura necessária para receber turistas e visitantes e, em seguida, terão apoio de professores na elaboração de um plano de negócio.

Uma consultoria será fornecida pela Associação Viva Cidade, conforme explica a presidente, arquiteta urbanista Fernanda Lima. “Essas famílias vão receber orientações para adaptação de suas construções ou até mesmo para fazerem novas, tudo seguindo normas de segurança, higiene e saúde, além de respeitar o meio ambiente”, explica Fernanda.

O gerente do Pesi, Marcos Alexandre dos Santos, detalha que o projeto também conta com o apoio de comunidades da região e das entidades Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), UFVJM, Associação Viva Cidade, Organização Não Governamental (ONG) Cáritas e demais ONGs que atuam na região.

Todas as atividades terão início após liberação de restrições impostas em prevenção à pandemia do coronavírus.

O parque

Inserido nos distritos de Tabuleiro e Itacolomi, no município de Conceição do Mato Dentro, o parque abrange uma área de 13.508,83 hectares. A unidade de conservação reforça o trabalho do Governo do Estado na proteção ao complexo do Espinhaço, reconhecido como Reserva da Biosfera em 2005, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Os parques estaduais Serra do Intendente, Municipal do Tabuleiro, Nacional da Serra do Cipó e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Morro da Pedreira formam um corredor contínuo de unidades de conservação nas altas terras da Serra do Espinhaço.

A Rota das 10 Cachoeiras consiste em um percurso de 46 quilômetros, que pode ser percorrido a pé, a cavalo ou de bicicleta. O percurso e as trilhas que levam a cada atrativo serão sinalizadas.

 

Fonte: Agência Minas
Faça seu comentário usando o Facebook