Onda Sul FM

Com promessa de boicote de fãs, grupo de K-Pop retorna à parada da Billboard

A ameaça dos fãs de boicotarem o Super Junior em seu novo álbum movimentou as redes sociais. Resultado: o boygroup está de volta à parada Social 50 da Billboard. Que mensura o engajamento do público nas mídias sociais dos artistas. O Super Junior entrou em 44º lugar, na frente de Michael Jackson e Little Mix.

A polêmica em torno do Super Junior começou com o anúncio de uma nova era do grupo, com nove membros. O comunicado divulgado pelos empresários informou ao público que os membros Kangin e Sungmin estariam dedicados a projetos individuais neste período, o que foi um baque para os fãs. O fandom pede que os dois sejam oficialmente desligados do boygroup e não apenas afastados temporariamente. Os seguidores acreditam que eles “mancham a imagem do Super Junior”.

Dessa forma, a SM Entertainment, empresa que agencia o Super Junior, não se pronunciou sobre a ameaça de boicote – que inclui não ver clipes, não comprar músicas, não dar qualquer stream, deixar de seguir grupo e membros nas redes sociais e não ir aos shows. A empresa ainda é uma das líderes de mercado no K-Pop, avaliada em US$ 1,3 bilhão.

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat