Onda Sul FM

Compositor do Hino de Carmo do Rio Claro faleceu no município

O compositor do Hino de Carmo do Rio Claro faleceu.

A família do Sr Job Milton Figueiredo Pereira, morador da Praça D Maria Goulart em Carmo do Rio Claro, comunicou seu falecimento. O corpo está sendo velado no Velório Santo Antonio de Carmo do Rio Claro. O sepultamento será as 14:00 horas deste domingo (6).

Job Milton foi radialista em Juiz de Fora e em São Paulo, na época de “ouro” do rádio, quando ainda não existia a televisão e depois nos primeiros anos das transmissões televisivas.

A Prefeitura do município declarou luto oficial.

Foto; Reprodução

O Hino de Carmo do Rio Claro

Nome: Exaltação

Gênero: tango-Canção

Autores: Lourenço Antônio Figueiedo Pereira (Música)

Job Milton Figueiredo Pereira (Letra)

Data da composição: 12 de julho de 1.944

Instrumento musical que foi a base: Piano

Histórico:

Lourenço Antônio (20 anos) e Job Milton (16 anos) fizeram à música e a letra em sua residência. À medida que Lourenço compunha uma frase musical, Job compunha a letra. Eram Três (3) estrofes, sendo que duas primeiras no mesmo tom, e a última, em outro tom. As duas primeiras em lá maior e a última em dó maior.

Com o tempo, depois de inúmeras apresentações em diversos locais da cidade, fez se necessário alterar alguns versos da segunda estrofe. Nesta, em virtude da chegada de Furnas, deixou de figurar a referencia ao Rio Sapucaí. A represa tomou o seu lugar.

EXALTAÇÃO
(Hino)

Ouve,
Querida terra,
Esta minha exaltação
Que te ofereço
E que provém do coração
Que é todo teu!
Eu reconheço,
É nobre, rico e feliz,
E tem de Deus a benção
Quem no teu solo nasceu!

Carmo,
Te enfeita a Natureza
Resplendida
No tapete da tormenta,
Tua serra majestosa
Que te envaidece!
Em cujo alto se eleva
A capelinha
Da senhora Aparecida,
Onde a gente fervorosa
Recita a sua prece!

Doce terra,
Gentil e hospitaleira,
No teu seio
Há paz e amor!
Não existe
Quem não te queira
E do teu quadro
Não deseje ser pintor

 

 

Fonte; Câmera de Vereadores, Folha da Manhã
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA