Contas de luz atrasadas da Cemig poderão ser parceladas; saiba como

Compartilhar

Clientes que estiverem com contas de luz atrasadas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) poderão parcelar a dívida em até 12 vezes sem juros. De acordo com o governo do Estado, as condições são válidas somente pelos canais digitais de atendimento.

Segundo o gerente de Arrecadação e Adimplência da Cemig, Wellington Cancian, a campanha de negociação de débitos é uma oportunidade para ficar em dia com a empresa sem prejudicar o orçamento familiar. “O pagamento evita o endividamento e a aplicação de multas e juros. Além disso, no fim de julho, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) permitiu retomada de diversas atividades pelas distribuidoras, dentre elas a suspensão de fornecimento de energia por inadimplência”, disse.

Como parcelar

Para solicitar o parcelamento, benefício que estará disponível até o dia 30 de setembro, a pessoa deverá mandar uma mensagem de WhatsApp para o número (31) 3506-1160, enviando um “oi” e seguindo as instruções.

O serviço também pode ser solicitado pelo Cemig Atende Web, no endereço www.cemig.com.br, clicando no serviço “Parcelamento de Débitos”. Também é disponibilizado o atendimento pelo telefone exclusivo para negociação, através do número 0800-721-7003 (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e no sábado, das 9h às 15h).

Para parcelar seus débitos em até 12 vezes sem juros, o cliente deve atualizar seus dados de e-mail e telefone e cadastrar sua conta por e-mail.

Conforme o governo, o habitante pode fazer o cadastro para débito no banco de sua preferência, utilizando o código disponível na fatura. Clientes dos bancos Santander, Itaú, Banco do Brasil e Sicoob podem se cadastrar diretamente nos canais de atendimento da Cemig.

Religação

Para pedir a religação de energia, é necessário quitar todos os débitos vencidos. Após a quitação, a religação pode ser solicitada também pelo WhatsApp, Cemig Atende Web no site da Cemig, aplicativo Cemig Atende ou pelo telefone 116.

Fonte: O Tempo
Faça seu comentário usando o Facebook