Cooxupé divulga faturamento de 2019 e assembléia geral é suspensa

Compartilhar

A Assembléia Geral Ordinária (AGO), prevista para o dia 27 de março de 2020, passou por reformulação e até o momento ainda não foi divulgada uma nova data para que o encontro aconteça, essa medida foi divulgado pelo presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, aos cooperados.

Essa medida aprovada pelo Conselho de Administração da Cooperativa, visa evitar a aglomeração de pessoas e conter a proliferação do Covid-19, atendendo as recomendações do Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS), além dos decretos tanto da Prefeitura de Guaxupé quanto do Governo do Estado de Minas Gerais.

Um outro fato, foi o aumento no faturamento. O Superintendente de Controladoria e TI, José Roberto Corrêa Ferreira, informou os números fechados e auditados pela PwC Brasil, e com parecer do Conselho Fiscal da Cooxupé. Sendo assim, relativos ao ano de 2019, o registro de faturamento foi de R$ 4,2 bilhões, superando o resultado de 2018, cujo valor foi de R$ 3,793 bilhões.

Além disso, no ano passado, a cooperativa recebeu 5,1 milhões de sacas de café tipo arábica, embarcando 6,4 milhões para os mercados interno e externo. Somente para as exportações foram 5,4 milhões de sacas, atendendo mais de 50 países. Já a SMC Specialty Coffees – empresa controlada pela Cooxupé com atuação no mercado de cafés especiais – exportou mais de 85 mil sacas. Ainda em 2019, os investimentos em ampliações, obras e reformas somaram mais de R$ 42 milhões.

À frente da presidência da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo considerou como muito positivos e expressivos os resultados conquistados. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), o volume de café recebido pela cooperativa em 2019 representa 15% da produção nacional de café arábica e 21% da produção de arábica do estado de Minas Gerais.

Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Cooxupé divulga faturamento de 2019 e assembléia geral é suspensa

Comments are closed.