Coronavac teve 98% de eficiência nos testes na China

Compartilhar

O governo do Estado de São Paulo anunciou que a vacina Coronavac apresentou 98% de eficiência na imunização. Dos 50 mil voluntários testados na China, 94.7% não sentiram nenhum sintoma adverso. Os outros 5,3% sentiram apenas dor no local de aplicação.

Desde o dia 21 de julho, quando os testes da vacina começaram no Brasil, não houve registro de reação adversa grave nos mais de 5.600 testados. Todos os voluntários do programa são da área da saúde, médicos e paramédicos.

“Além de segura, a Coronavav está se mostrando altamente eficiente”, comemorou o governador João Doria (PSDB).

Doses e aplicações

O governador João Doria confirmou o primeiro lote de 5 milhões de doses para o dia 5 de outubro. Afirmou também que na segunda quinzena de dezembro o estado deve iniciar a imunização.

No entanto, ainda é preciso aguardar a finalização da 3ª e última fase de testes e a liberação da ANVISA. Segundo Doria, as primeiras doses serão aplicadas em médicos e paramédicos.

São Paulo deve receber outras 46 milhões de doses da vacina até 31 de dezembro e até 28 de fevereiro esse número deve atingir 60 milhões – o que seria suficiente para imunizar todos os paulistas.

 

Fonte: R7
Faça seu comentário usando o Facebook