Coronavírus: Minas chega a 278 mortes e mais de 10 mil infectados

Compartilhar

Minas Gerais concentra aproximadamente 10,6 mil infectados pelo coronavírus. Balanço da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), publicado nesta segunda-feira (1º), aponta que o número de pessoas diagnosticadas com a Covid-19 aumentou em 206 entre domingo (31) e esta manhã – eram 10.464 há 24 horas. A quantidade de mortes também cresceu de um dia para o outro, e são 278 óbitos confirmados pelo Estado desde o dia 30 de março, quando o primeiro mineiro infectado faleceu em decorrência de complicações causadas pelo vírus.

Oito mortes a mais se comparados os dados publicados no domingo, data em que registrou-se a maior quantidade de diagnósticos confirmados de um dia para o outro desde o começo da pandemia. Apesar do número de infectados ser alto – mesmo diante da hipótese de uma drástica subnotificação em Minas Gerais –, a SES garante que metade deles já se recuperou da Covid-19.

Belo Horizonte é a cidade que mais concentra casos de coronavírus em toda a região, são 1.833 até o momento e 49 moradores da capital mineira mortos em decorrência da doença. Além dela, outras 452 cidades de Minas Gerais confirmaram casos de Covid-19, o que significa que o coronavírus alcançou mais da metade dos municípios existentes no Estado. O fato destaca o processo de interiorização da pandemia e, além dos casos, as mortes não estão concentradas em apenas uma região.

Os 278 óbitos ocorridos aqui em função da Covid-19 aconteceram em 104 municípios diferentes, uma taxa de letalidade de 2,6%. De acordo com a SES, cerca de 89% das mortes aconteceram em mineiros que apresentaram comorbidades anteriores, sendo hipertensão, doença cardiovascular e diabetes as mais comuns entre pacientes que não resistiram. Além disso, a doença é principalmente fatal entre as pessoas com mais de 60 anos e, segundo estatísticas do órgão, 69 anos é a média de idade das pessoas que faleceram.

Oito mortes

As mortes confirmadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta segunda-feira aconteceram entre os dias 21 e 29 de maio em diferentes oito municípios de Minas Gerais. Os pacientes eram quatro mulheres com idades entre 64 e 73 anos e quatro homens, tendo 58 anos o mais jovem e 90 o mais idoso. Segundo a pasta, todos apresentaram comorbidades anteriores. As mortes aconteceram nas seguintes cidades: Uberlândia, São João do Oriente, Iapu, Santana do Paraíso, Timóteo, Mariana e Monte Sião.

O município de Mariana, aliás, apresenta uma situação problemática em relação à pandemia de coronavírus. Localizada na região Central, a cidade acompanhou um aumento estrondoso de casos confirmados em apenas 24 horas – eram 158 no sábado (30), número que pulou para 214 no domingo (31). À reportagem, a prefeitura declarou o crescimento é reflexo de uma ampliação da capacidade de testagem no município. A Saúde declarou que está a acompanhando de perto os cenários de cada cidade.

Ao contrário, São João do Oriente, no Vale do Aço, apareceu pela primeira vez no relatório da SES nesta segunda-feira. O primeiro e único caso confirmado na cidade refere-se à morte de uma moradora de 66 anos, que faleceu em 29 de maio.

 

Fonte: O Tempo
Faça seu comentário usando o Facebook

One thought on “Coronavírus: Minas chega a 278 mortes e mais de 10 mil infectados

Comments are closed.