Coronavírus: número de mortes sobe para 11 e 100 óbitos são investigados em MG

Compartilhar

O número de mortes pela COVID-19 subiu de nove para 11 em Minas, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Em boletim epidemiológico, divulgado nesta terça (7) , são 49.652 casos em investigação e 559 confirmados. Minas tem 100 óbitos em investigação, uma diminuição de 19 mortes suspeitas em relação ao boletim epidemiológico do dia 6. Foi registrada a morte de um homem de 78 anos em Pouso Alegre. De acordo com o boletim, ele era portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão arterial. Belo Horizonte concentra a maioria dos óbitos, são cinco até o momento. Também foram registrados óbitos em Pouso Alegre, Mariana, Montes Claros, Ouro Fino e Uberlândia.

O boletim confirma a morte de mais uma mulher na capital mineira. Ela tinha 60 anos, estava na faixa etária da maioria dos pacientes que morreram em Minas.As mortes, na maioria, são de pacientes idosos : uma mulher e um homem de 82 anos, um homem de 66, outro de 76 em Belo Horizonte; um homem de 80 e uma mulher de 61 anos em Uberlândia; um homem de 72 anos em Montes Claros e um homem de 72 anos em Ouro Fino.

Abaixo dos 60 anos, foi confirmado o falecimento de um homem de 44 anos em Mariana. O secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaralressaltou a importância da continuidade das medidas de distanciamento social. “Deve-se evitar aglomerações, reuniões de pessoas, mesmo em ambientes abertos. Em caso de necessidade de sair de casa, para ir a um supermercado, por exemplo, é importante manter a distância de pelo menos dois metros das outras pessoas. Recomendamos ainda o uso de máscaras caseiras, em conformidade com o Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde.

 

Fonte: Estado de Minas

 

Faça seu comentário usando o Facebook