Corpos dos adolescentes afogados há 17 dias no Lago de Furnas ainda não foram encontrados

Hoje, terça-feira, dia 31, está fazendo 17 dias que dois adolescentes se afogaram num braço do Lago de Furnas, em Três Pontas. Os corpos dos primos de 11 e 17 anos estão sendo procurados pelos bombeiros desde o dia 15 de dezembro, quando se afogaram durante uma pescaria da família no local conhecido como Prainha, na zona rural do município.

O Corpo de Bombeiros não descarta a possibilidade de que os corpos tenham seguido a correnteza e estão realizando buscas em um raio de até 20 quilômetros do ponto onde submergiram.

Voluntários e pescadores do Distrito do Pontalete estão ajudando o Corpo de Bombeiro. As buscas agora são visuais e os bombeiros estão utilizando barcos e jet-ski.

O afogamento

Dois adolescentes morreram afogados na tarde de domingo, dia 15, num braço da represa de Furnas em Três Pontas. Um menino de 11 anos caiu dentro d’água e outro de 17 anos pulou atrás para tentar salvá-lo.

O lugar, conhecido como ilha do João Baroni, é um braço da represa onde existia um rio e, por isso, existe uma correnteza forte.

O pai do garoto de 11 anos e mais oito pessoas testemunharam os afogamentos sem nada poder fazer.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou buscas com dois mergulhadores, porém, com o cair da tarde, as buscas foram suspensas e retornariam na manhã de hoje, segunda-feira, dia 16. Este braço da represa com correnteza tem cerca de 50 metros de largura e uma profundidade média de 12 metros.

Fonte: Jornal de Lavras
Faça seu comentário usando o Facebook
shares