Covid 19:Prefeitura investe quase R$ 1,3 milhão em testes para analisar evolução de casos em Extrema

Compartilhar

A Prefeitura de Extrema (MG) anunciou investimento de quase R$ 1,3 milhão em testes de Covid-19 com o objetivo de analisar a evolução de casos na cidade. De acordo com a administração municipal, a ideia é também estimar a proporção de pessoas com anticorpos da doença.

O investimento exato, segundo a prefeitura, foi de R$ 1,290 milhão para aquisição de 15 mil testes rápidos. Deste total de exames, a administração municipal anunciou que 10 mil deles serão aplicados no município.

“Por meio de uma amostragem o objetivo é estimar a proporção de pessoas com anticorpos e analisar a evolução de casos pelos bairros da cidade”, explicou a prefeitura.

O anúncio da aquisição dos testes foi feita no final de semana pelas redes sociais da administração municipal. A prefeitura ainda não divulgou quando a testagem terá início e a distribuição dos exames pela cidade.

Aposta nas testagens

No início do mês de maio, quando a cidade também já era a segunda do Sul de MG em número de casos atrás apenas de Pouso Alegre, a testagem foi apontada como motivo da quantidade de contaminações.

Na oportunidade, além da proximidade com o Estado de São Paulo, as autoridades de saúde diziam acreditar que a aplicação dos testes era uma forma de ir atrás do paciente antes que ele sentisse sintomas e procurasse a atenção médica pública.

Nós estamos testando mais, então, um diferencial é que nós estamos fazendo busca ativa. Consequentemente, vamos achar mais casos que os outros municípios. A prefeitura investiu pesado em testes rápidos e testes com laboratório particular com resultado em quatro dias. Isso nos permitiu fazer uma busca ativa não só dos pacientes sintomáticos que já estão chegando à rede pública, como também [chegar] na casa [das pessoas]. A gente já consegue fazer essa busca ativa maior e acaba que a gente realmente esse número um pouco maior”, pontuou, na época, a secretária de saúde de Extrema, Patrícia Cristina Lopes Carneiro.

Coronavírus em Extrema

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, Extrema contabiliza 1.092 casos positivos de Covid-19, sendo 11 mortes em decorrência da doença.

Ainda segundo o boletim, além dos óbitos, 832 pacientes já estão curados, 236 cumprem isolamento domiciliar e dez seguem internados.

Fonte: G1 Sul de Minas

Faça seu comentário usando o Facebook