Dois colombianos são suspeitos do homicídio ocorrido em Lavras

Compartilhar

A Polícia Militar prendeu duas pessoas supostamente envolvidas no homicídio ocorrido na madrugada desta sexta-feira, dia 4, no centro de Lavras. A vítima foi identificada como sendo Kainã Mota da Silva, de 31 anos, natural do Espírito Santo. Preliminarmente foi dito que ele era pessoa em situação de rua, mas foi apurado que ele era artesão e frequentava muito Lavras, já que aqui tem uma filha de 4 anos. Kainã expunha suas obras no passeio em frente a agência da Caixa Econômica Federal, ele era uma pessoa conhecida na cidade.

Ele morreu com um golpe de faca desferido por um rapaz que chegou a Lavras há dois dias e ontem se juntou a Kainã e um amigo que faz apresentações artísticas nos semáforos da cidade.

Kainã e o homem que chegou em Lavras há dois dias começaram a beber e em determinado momento se desentenderam e aconteceu o crime. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) já sem vida.

A Polícia Militar apurou os fatos e saiu em diligência para encontrar o envolvido no crime, ele foi encontrado e preso pela manhã em Lavras. Informações apontam a participação de um terceiro envolvido, que foi preso enquanto vagava pela BR-265.

Os dois supostamente envolvidos no crime são colombianos, eles foram detidos e a Polícia Civil agora vai apurar o crime e qual a participação de cada um no homicídio e por que aconteceu.

Fonte: TV Minas

Faça seu comentário usando o Facebook