Onda Sul FM

Duas residências tiveram a garagem bloqueada devido obra da Prefeitura de Muzambinho

Moradores  de Muzambinho, MG, estão fazendo reclamações sobre uma obra que a prefeitura do munícipio iniciou. Devido a essa obra duas residências tiveram o acesso à garagem bloqueado. No entanto, isso ocorreu durante a execução da obra para a ampliação da Rua Capitão Heliodoro Mariano de Almeida.

Primeira residência

Maria da Penha Silva é proprietária de uma das residências que tiveram o acesso interrompido. De acordo com Maria ao abrir o portão da garagem da casa ela consegue ver apenas um muro erguido pela prefeitura e o aterro. Diversos boletins de ocorrência foram registrados pela família. Além disso, a proprietária está com medo de que seu imóvel seja desvalorizado após o bloqueio da garagem.

Segunda residência

Além disso, na segunda residência prejudicada com a obra a prefeitura realizou algumas alterações no local que era utilizado como garagem. Dessa forma, a prefeitura  derrubou um muro que dividia o imóvel e a calçada e construiu uma nova estrutura quatro metros à frente da anterior.

A prefeitura do munícipio alega a essa família que  houve invasão de área pública. Porém, de acordo com a filha do casal, isso nunca foi comprovado pelo município.

Foto: Marcelo Rodrigues
Foto: Marcelo Rodrigues

O que diz a prefeitura

O prefeito de Muzambinho Sérgio Paoliello (PSBD) esteve no local para prestar explicações. “É uma da supremacia do interesse público. É uma bifurcação onde cabia um veículo, agora vão caber três”, detalhou.

“Hoje, no mundo está muito, inclusive no Brasil, a mobilidade urbana. Estamos simplesmente abrindo ruas para a população poder ter acesso. Nós fizemos um censo recentemente, nessa rua passam três mil veículos por dia, então como passa só no espaço de seis metros?”.

Sobre a casa da pensionista Maria da Penha, o prefeito afirma que foi o muro foi feito para não atrapalhar ou estragar o portão do imóvel. “A partir do momento que a obra ficar pronta, nós vamos reabrir”, explicou o prefeito.

Já no caso do seu Rubens, a garagem não será reativada. “Essa esquina é do município, nós precisamos da área do município justamente para poder fazer o acesso. A propriedade dele está ali, as medidas são perfeitas dentro da propriedade dele. Ele que tem que resolver o problema dele. Nós temos que resolver o problema da população, não de um ou dois”.

A previsão é que a obra, junto com as intervenções, fique pronta até quinta-feira (15).

Foto; Marcelo Rodrigues
Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA