Em vídeo filha de paciente relata mal atendimento no Hospital do Carmo

Compartilhar

A paciente M. P. S.S, de 62 anos procurou na tarde desta sexta-feira (02), o Hospital Sao Vicente de Paulo, para passar por atendimento médico devido sua diabetes estar alta, o que foi constatado após aferição que estava 434. O médico então prescreveu a receita que sem carimbo e assinatura do mesmo orientou a idosa de que um comércio da cidade ela encontraria  o medicamento para solucionar seu problema. De imediato a paciente, se dirigiu a uma farmácia onde foi informada que a prescrição do médico era “chicote de couro cru”.

Inconformada e nervosa, a paciente, acionou a PM e registrou um boletim de ocorrência contra o médico e seu comportamento. O médico que  atendeu a paciente presta serviços no Pronto Atendimento  que é de responsabilidade do Município. Entramos em contato com Secretaria de Saúde que em nota informou que “o médico é credenciado com Município por pessoa jurídica, no dia em questão estava realizando atendimentos na parte superior de responsabilidade do Hospital como apoio do município, e que na segunda- feira irá  encaminhar a licitação para que notifique a empresa para responder sobre o ocorrido no dia de ontem.

Em contato com o Hospital São Vicente de Paulo,  em nota disse que “A Diretoria do Hospital São Vicente de Paulo,  em momento algum compactua com esse tipo de conduta e que será apurado o caso, e as providências cabíveis serão tomadas, a entidade se mantém de portas abertas para atender da melhor forma possíveis todos aqueles que de seus serviços precisarem!”

Veja abaixo no vídeo exclusivo o relato de sua filha Valquíria Soares sobre o fato ocorrido com sua mãe M.P.

Faça seu comentário usando o Facebook