Escola de acampamento do MST é derrubada em Campo do Meio

Compartilhar

Uma escola que ficava dentro da área da Usina Ariadnópolis, no Quilombo Campo Grande, na zona rural de Campo do Meio (MG), foi derrubada. Desde quarta-feira (12), oficiais de justiça e policiais militares estão no local, onde moram famílias do Movimento Sem Terra (MST), para cumprir uma ação de reintegração de posse.

Segundo a Polícia Militar, a escola foi derrubada por uma empresa contratada pelo proprietário do local. Ainda segundo a polícia, o proprietário afirma que derrubou a escola pois tem intenção de ocupar o local no futuro.

A escola fazia parte da Rede Estadual de Ensino até o ano de 2019 e agora era usada como Centro Educacional por professores da comunidade.

Negociações

Oficiais de justiça, com apoio da Polícia Militar, seguem com negociações para as famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) deixarem a área da Usina Ariadnópolis, no Quilombo Campo Grande, na Zona rural de Campo do Meio (MG).

O cumprimento da ordem judicial para reintegração de posse teve início na manhã de quarta-feira (12) e as tratativas ocorriam de maneira pacífica. A área é ocupada por cerca de 450 famílias do MST.

De acordo com a Assistência Social de Campo do Meio, a prefeitura cedeu duas creches, um centro de convivência e um hotel para abrigá-las.

Na tarde de quinta-feira (13), três policiais que prestam apoio na operação precisaram de atendimento médico, após inalarem fumaça de um incêndio que foi colocado em um pasto. Segundo a polícia, o fogo se alastrou pelo Quilombo e a equipe precisou se deslocar para uma área de segurança.

Fonte: G1
Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com