Estado propõe remanejar pacientes de Paraíso, prefeito não aceita

Compartilhar

O Estado de Minas Gerais, através da Secretaria de Estado de Saúde, convocou reunião com gestores e secretários de Saúde da macrorregião de São Sebastião do Paraíso, Passos e Pará de Minas para propor o remanejamento de pacientes de Paraíso para outras regiões.

O objetivo é liberar leitos para que o município possa receber pacientes contaminados pela Covid-19 de regiões que estão na “onda roxa”.

O prefeito Marcelo Morais, foi enfático ao dizer que não aceitará que isto ocorra e afirmou que se o Estado quiser credenciar novos leitos na Santa Casa de Paraíso, esses pacientes serão bem vindos, do contrário não deixará que pacientes de Paraíso sejam deslocados para outras regionais.

“Nós não aceitamos o que foi proposto. Concordamos de receber pacientes de fora desde que o Estado aumente nossos leitos. Caso o Estado concorde em abrir 20 leitos, aceitaremos sem problemas, do contrário não vou admitir que isto ocorra. Eu, acompanhado do provedor da Santa Casa, Fernando Alvarenga, da secretária de Saúde, Adelma Lúcia, e do vice-prefeito Daniel Tales, irei à Regional de Saúde para definir o aumento de leitos da Santa Casa em Paraíso. Caso isso não ocorra, não aceitaremos pacientes de fora. Lutamos muito para controlar a Covid no Município, chegar na situação que estamos hoje e, consequentemente, atender a nossa população. Já é muito difícil remanejar esses pacientes pelo SUS Fácil”, completou.

Fonte: Prefeitura SSP
Faça seu comentário usando o Facebook
PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com