Fábrica caseira de armas é descoberta pela Polícia Civil

Compartilhar

Uma oficina de armas de fogo, produzidas de forma artesanal, foi descoberta pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em São Sebastião do Paraíso, nesta terça-feira, 3. Um estudante de engenharia de produção, de 26 anos, foi preso e diversos materiais apreendidos, entre eles duas submetralhadoras de fabricação caseira calibre 380, uma garrucha, cerca de 50 munições, um caderno com projeto das armas fabricadas, além de maquinário, ferramentas e matérias de insumo para produção.

Foto; Polícia Civil

Segundo o delegado Carlos Brasil, a equipe chegou até a fábrica após consultar a situação de uma motocicleta em situação suspeita. A moto, que estava com lacre rompido e documentação em atraso, foi localizada na garagem da residência onde funcionava a oficina de armas, no bairro Vila Helena. “O investigado alega que fabricava por curiosidade e por gostar de armas”, disse o delegado.

Os artefatos eram produzidos em um local improvisado nos fundos da casa. Na oficina, os policiais civis localizaram as máquinas, ferramentas e peças utilizadas para construção, bem como partes de armas de fogo. No quarto, dentro de um cercadinho de criança, foram encontradas duas submetralhadoras e, no guarda-roupas, a garrucha e um saco com munições.

O investigado foi autuado em flagrante pelos crimes de posse de arma de fogo e munições e comércio ilegal de armas de fogo. Ele foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça. “A Polícia Civil dará prosseguimento às investigações a fim de levantar eventuais compradores e se há mais envolvidos na fabricação”, afirmou o delegado.

 

Via Folha da Manhã
Faça seu comentário usando o Facebook