Fama impõe medidas restritivas para permanecer sem casos de Covid-19

Compartilhar

A Prefeitura de Fama decidiu restringir o comércio e aumentar regras de isolamento para que a cidade permaneça sem contaminações pelo novo coronavírus. As medidas adotadas pela administração municipal começaram a valer nesta quinta-feira (16).

O decreto determina que das 18h de sexta-feira até às 8h de segunda-feira ficam suspensos alvarás de funcionamento de atividades consideradas de risco ou que possam trazer aglomerações.

“Devido à situação de casos em cidades vizinhas, próximas à nossa cidade. Estamos sendo mais rigorosos neste decreto. Nesse sentido de conscientizar a população é que não temos nenhum caso até agora e queremos manter a cidade nesta posição”, destacou a Secretária Municipal de Saúde, Soraia Conceição Carlos.

Antes da pandemia em tempos de represa de Furnas cheia, a expectativa era de hotéis e pousadas cheios. Agora eles não poderão receber ninguém aos fins de semana.

“É um momento difícil, porque a cidade vive do turismo. Então, se fecha, fica bem complicado. A gente até entende os motivos do decreto, mas acho que fechar total vai ficar muito difícil. Não tem como o pessoal trabalhar então não sei o que vai virar isso tudo”, disse Rose Jesus, que é atendente em uma pousa.

O restaurante da Dona Maria, agora funciona só no delivery. A italiana sabe que não será fácil, mas entende o decreto.

“Um decreto necessário e precisa respeitar, porque acho a coisa certa. [Com ou sem clientes dentro do restaurante] trabalhamos com luvas, máscaras, álcool em gel e com todo cuidado”, destacou Maria Chiara, dona do restaurante.

Outra motivação do decreto está na limitação da saúde do município no tratamento da Covid-19. Em Fama não há hospital, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e muito menos respiradores para os casos mais graves.

Se a pessoa ficar doente e precisar de intubação, o caminho é ir para a cidade referência mais próxima: Alfenas, que registrou mortes pela Covid-19 esta semana e chegou a ter leitos de UTI com 100% de ocupação.

“A nossa unidade é unidade básica, então aqui a gente trata, a gente recebe o paciente caso aconteça. Ele vai ser mandado para casa, onde ele vai ficar de quarentena. Caso esse paciente venha a agravar, ele é transferido para Alfenas, que é a referência nossa”, a Secretária Municipal de Saúde, Soraia Conceição Carlos.

O decreto publicado pela Prefeitura de Fama vale até o dia 3 de agosto.

Fonte: G1

Faça seu comentário usando o Facebook

2 thoughts on “Fama impõe medidas restritivas para permanecer sem casos de Covid-19

Comments are closed.