Onda Sul FM

Festival Woodstock completa 50 anos

Há 50 anos atrás, de 15 a 18 de agosto de 1969, acontecia o Festival Woodstock.  Uma época em que o rock ainda era jovem, em que ter cabelos compridos era um ato de rebeldia e em que as manifestações contra a guerra eram quase diárias.

No Festival cerca de 400 a 500 mil pessoas se reuniram nos campos encharcados para ouvir as grandes estrelas da época, como Janis Joplin e Jimi Hendrix. Ninguém, nem mesmo os criadores deste grandioso evento, imaginavam que o Woodstock se tornaria um evento emblemático de uma geração e do movimento hippie, com mensagens de paz e amor para romper uma década violenta de manifestações e assassinatos. O palco por trás de tudo isso era a Guerra do Vietnã.

Os organizadores estipularam em US$ 18 o valor dos ingressos para os três dias de shows. No line-up, nomes que se tornaram lenda, como Creedence Clearwater Revival, The Who e Crosby, Stills, Nash & Young. Com isso, o acesso ao festival se transformaria, então, na imagem do que foi o evento: livre. Logo depois dos primeiros acordes, um temporal caiu sobre o local, transformando o gramado em um campo de lama.

Era uma atmosfera de liberdade e de companheirismo, ilustrada por imagens de jovens caminhando nus, de mãos dadas, dividindo erva ou ácido, ignorando as chuvas torrenciais que castigavam a região dos Catskills, quase 200 quilômetros ao noroeste de Nova York.

Foto: Reprodução The Museum at Bethel Woods/Reuters

 

 

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA