Onda Sul FM

Fim de semana é marcado por baixíssimas temperaturas no Brasil

A primeira semana do mês de julho já prometia ser muito fria. Os termômetros despencaram e prometiam dias e noites geladas e congelantes em todo o Brasil. Porém, no último sábado (6), o frio bateu recorde e foi considerado então, o dia mais gelado de 2019, até o momento, em algumas capitais brasileiras.

Sendo assim, devido a intensa massa de ar de origem polar que está passando pelo Brasil as temperaturas despencaram. As capitais, Curitiba, São Paulo, Porto Alegre, Campo Branco e Rio Branco tiveram a madrugada e tarde mais frias deste ano.

A espera é que, neste domingo (7), a temperatura continue baixa em todo o território nacional. Com isso, novos recordes de menor temperatura para 2019 podem ocorrer no amanhecer deste dia nas capitais do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, do Acre e de Rondônia. Os recordes de tarde mais fria, de menor temperatura máxima do ano já não devem ocorrer mais.

O esperado é que somente na segunda-feira (8), a situação normalize já que a massa de ar polar não estará mais passando pelo Brasil. Com isso os registros de temperatura não serão tão baixos.

Foto: Reprodução/Manhã em Poços de Caldas

 

Faça seu comentário usando o Facebook
© 1999-2019 ONDA SUL - A RÁDIO DO SUL DE MINAS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS / IA EMPRESA
WhatsApp chat