GEC continua fechado e emite nota de esclarecimento

Compartilhar

A Diretoria Executiva, por meio desta nota, vem expor as razões pelo qual o clube social ainda não pôde retomar totalmente suas atividades durante a pandemia de COVID-19.
Conforme definido pelo Decreto Municipal nº. 4.856 de 01 de maio de 2020, o Município de Carmo do Rio Claro aderiu ao Plano “Minas Consciente” proposto pelo Estado de Minas Gerais, através de seu Comitê de Enfrentamento a Pandemia de COVID-19, para fins de possibilitar aos entes municipais o um melhor planejamento para retomada das atividades econômicas desenvolvidas em seus territórios.

O aludido plano, além de trazer inúmeros protocolas sanitários, se subdivide na chamadas “ondas”, sendo: onda verde, onda amarela e onda vermelha. Em cada uma dessas “ondas”, estão elencadas as atividades que podem ser retomadas de acordo com cada uma.

Na onda vermelha, considerada como de alto risco de transmissão de covid-19, somente poderão ser restabelecidas as atividades consideradas essenciais, como: supermercados, padarias, posto de combustíveis, etc. Na onda amarela, considerada de risco médio, além das atividades essenciais, poderão ser retomadas outras atividades, como: hotéis, pensões, etc. Na onda verde, considerada de baixo risco, haveria a liberação de todos os ramos de atividades econômicas.

Conforme se depreende do aludido plano, os clubes sociais, categoria na qual se inclui o Grêmio Esportivo Carmelitano, estão inseridos na onda verde, ou seja, estariam liberados para retomada de suas atividades após o ingresso do município nessa onda verde. Todavia, o Município de Carmo do Rio Claro hoje se encontra na onda amarela, não sendo possível, portanto, a retomada das atividades da agremiação, de acordo com o plano.

Contudo, de acordo com notícia veiculada no dia 13 de agosto de 2020, no Jornal Estado de Minas, o Secretário Adjunto de Saúde do Estado de Minas gerais afirmou que o aludido Plano “Minas Consciente” terá uma nova reformulação na penúltima semana de agosto, onde deverá ser inserido na onda amarela, as atividades desenvolvidas por clubes sociais, fato então, que autorizaria a reabertura do Grêmio Esportivo Carmelitano.

Atual Diretoria se compromete a acompanhar atentamente as deliberações do Comitê de Enfrentamento da Pandemia de COVID-19, do Estado de Minas Gerais, no sentido de providenciar a retomada total de suas atividades assim que for autorizada por ato legal.

Faça seu comentário usando o Facebook